quarta-feira, 11 de novembro de 2009

Como se fosse papel de bala...

Existem coisas na vida que podem ser comparadas a papel de bala... elas são úteis até um certo momento.. depois.. nao servem mais para nada.. e o que nos resta é jogar fora.. pela inutilidade... Isso é forte kkkkkk mas é a pura verdade!

Algumas pessoas que passam por aqui, devem estar pensando que sou uma pessoa triste.. fraca.. que não dou valor ao meu país.. que me falta algo... vamos explicar..

Primeiro... eu sou de gêmeos.. e quem me conhece sabe.. sou a pessoa mais. e mais e mais indecisa que existe na face da terra... aqui eu expresso alguns de meus conflitos pessoais, mas isso não significa que sou fraca, pelo contrário... sempre lutei por tudo, com humildade, não me super valorizo por ter morado fora, pelo contrário.. alguem que ficou do lado de cá... sabe o que eu fiz? Larguei minha família linda, meus amigos, meu emprego em uma empresa ótima para ser babá, morar na casa de estranhos, conviver com pessoas que eu nunca ví na minha vida antes, limpar bunda de criança, limpar tudo que era relacionado as crianças e ser uma empregada. Não tratada como tal, mas foi o que eu fui... precisa de muita e muita humildade para isso. Me irrita essas pessoas que querem me dar lição de moral e dizer que eu não dou valor no meu país e me me "acho"pq eu morei fora. PRESTENÇÃO.... não fui ser madame nos EUA.. fui ser empregada.. porque eu quis.. sim.. claro, e não me arrependo, valeu cada dia...

Agora morar em um país desenvolvido é diferente não pela 6 duzia de roupas de marca, perfumes e eletrônicos que vc compra... é diferentes em N aspectos que não vale a pena discutir aqui.

Minha opinião sobre o Brasil é a mesma... qdo eu saí daqui não suportava desgraça, criminalidade, injustiça e maldade... coisas que continuam me revoltando e não em maior escala.. na mesma.. pq aqui nada mudou somente conheci um lugar com "menos"de todos esses aspectos.

Eu trago comigo dessa viagem, lições, recordações.. e a melhor parte AMIZADES....e não ligo pelas roupas eletrônicos nada disso... aliás.. fui roubada. e ai.. estou sem celular e camera... nao ligo... compro tudo dinovo aqui.. ou lá ou não... nao ligo para bens.. nunca liguei.

Eu não sou triste pq tenho tudo, família estruturada com pais, irmãs, sobrinhos cunhados.. todos vivendo em harmonia e com muito amor no coração. Eu tenho amigos... amigos de verdade, amigos que dói na alma a intensidade, que eu posso estar no abismo... e esses estarão lá para me salvar...

Eu tenho saúde, inteligência, eu tenho um lar, comida. Eu tenho garra para correr atrás dos meus objetivos, lutar nas dificuldades e sonhar com um futuro.

Eu não sou uma pessoa triste e melancólica rs....

Não estou na minha melhor fase... mas a vida é regada de dificuldades, estamos aqui para isso, aprender sempre.. não é porque tudo não está 100% que não sou feliz... eu SOU FELIZ...

3 comentários:

Cori disse...

As pessoas tem a péssima mania de julgar (o que já é errado) apenas pelo leem no nosso blog.
Por que cada um não cuida da sua vida e pronto?

Já me falaram que eu tinha parado de blogar pq tava "ferrada" aqui no Brasil...hã?
Nem repliquei, apenas ignorei que é o melhor a se fazer.

Sempre na luta, bola pra frente.

Bjokas

Anônimo disse...

Ohhh meu anjo, não quis te aborrecer, só quis dizer que aqui tbm amadureceria. E quanto aos demais comentários, qual a mulher que não é inconstante.
Eu não quero te magoar, quero te despertar esse: quero, posso, consigo pq vejo claramente que é uma pessoa rodeada de amigos e que tenho certeza que são verdadeiros, mas vc se afoga diversas vezes em mágoas e as deixa claras.
Bola pra cima, mulher, e desculpe o mal entendido.


Beijos

Karol

Nathy Almeida disse...

oi Gisele, entao...
nao liga pra essas pessoas nao.
EU acho q o problema nao ta dentro da cabeca de quem morou fora e sim dentro da cabeca de quem nunca saiu do cercadinho. Esse povo tende mesmo a ter ideias pre concebidas de tudo e todos, mas eh coisa de gente mal resolvida mesmo. Esse tipo de visao: Se acha pq foi morar fora! eh bem tipica de quem fica mesmo. Pq so quem foi sabe oq passou e o turbilhao de sentimentos que isso acarreta em nos.
Meu post eh de certa forma pelo mesmo motivo do seu, e eu acho q estou passando pelo mesmo.
Cheguei aqui dia 17 de setembro...e todaa empolgaca da volta de certa forma, tem mto de decepcao, pelo menos pra mim. Quem pensa q eh facil pra a gente....eh puramente ignorante.

Enfim...bola pra frente q esse negocio de ter gente preocupada com vida a nossa vida, eh bem coisa de Brasil mesmo,infelizmente a gente vai ter q se acostumar.
ou vazar daqui!
:~~~~