domingo, 28 de dezembro de 2008

Natal

Ahhh o Natal....

Ainda bem que Deus sempre coloca no meu caminho pessoas maravilhosas, e por essas pessoas eu não tive um natal triste, solitário e cheio de saudades.

Senti muito não poder estar com minha familia, mas desde que um ajinho chamado Larissa se propos a ficar comigo nesse dia, eu me animei um pouco mais. Ela sabe o quanto eu sou grudada e o quanto eu sinto saudades da minha familia e me disse: " Gi eu ficarei com vc, não deixarei vc passar esse dia sozinha". Agradeço todos os dias, por ter tido a iniciativa de ter começado esse blog, porque através dele a Lari entrou na minha vida aqui.

Passei um natal rodeada de amigos, fizemos nossa ceia, fizemos nossa prece, falei com a minha familia por Web e no final deu tudo certo. Mas não posso negar que Natal é Natal so na minha casa, senti falta dos meus pequenos...senti falta da minha mae e papai, das minhas irmãs dos meus cunhados. Da nossa ceia, do nosso amigo secreto. O Natal esse ano para mim não existiu pq o simbolo dele para mim eh estar com a minha familia que eu amo muiiiiiiiittttttoooooooooo!!!!

No dia 25 a minha lindinha me convidou para passar com a familia dela, ja que a minha não comemora natal ( eles são judeus). Foi otimo estar com a Lari, conhecer a familia dele e não me senti sozinha e triste em nenhum momento!

Sexta foi amigo secredo das xavascas.. foi divertidisssimo.

Sabado compras no outlet...domingo dia de descansar enfim se prepara para uma semana curtinha que ano novo ta chegando e NYC que me espere!



Os tres reis que reinaram no natal la de casa.. sem eu..snif...snif...






Galera reunida no Natal



Amigo secreto das xavaxcas

segunda-feira, 22 de dezembro de 2008

Atualizações...

Nesse final de semana aconteceu a primeira nevasca... acompanhada com a chegada do Winter. Na quinta feira, Larissa, Leticia e eu rumamos para Cheesecake Factory e o assunto de ficar stuck em casa na sexta foi abordado. E de fato foi o que ocorreu, amanheceu um dia estranho, cinza e lá para as 11h00 AM começou a snow. E assim seguiu o dia todo, em poucas horas tudo estava branquinho. Meti as caras e fui lá fora com minhas kids brincar. Não aguentei muito tempo mas deu para fazer uma farrinha. Linda, branquinha, mágica mas ordinária. Essa é a verdade, para quem está na sua casinha, com sua familia, no seu habitat natural é lindo mesmo mas a verdade é que essa neve toda da uma depressão rs.... Vc fica stuck em casa, muito perigoso dirigir, muitos acidentes um inferno na vida das pessoas, já que a vida continua, natal está chegando e todo mundo tem que fazer as correrias das compras.









No sábado, achei que ia ficar stuck em casa, acordei cedo e olhei pela janela, quase tive um treco, vi o carro interrado na neve... a garagem com tanta, mas tanta neve que comecei a chorar. Era só que faltava a minha primeira nevasca eu ficar em casa sozinha.


Graças a Deus quem tem amigo tem tudo nessa vida auperiana e minhas amigas vieram me salvar da depressão de ficar em casa na neve, já que na sexta eu fiquei aqui o dia todo. Fomos fazer nossas compras de natal e todas iam trabalhar a noite. Resolvemos fazer um sleepover na casa da Ma e foi muiiiiiito bom. Uma noite super agradavel com as meninas, muitas risadas, vinho hummmm, videozinhos e com uma grande final no Mc as 5 da matina e todas mortas de fome. Nos rendeu um corpo cansado para o dia seguinte, qual resolvemos fazer mais compras de natal, a busca para a roupa de ano novo.


Enfim.. achei que ia ser um final de semana daqueles que eu ia ficar prisioneira da neve... hurggg mas no final foi bem proveitoso.


Hoje acordei com uma gripe, frebre e dor no corpo daquelas... Esse inverno é muito malvado. Eu achava que sentiria mais frio, mas na verdade não é nem o frio que atrapalha e sim as consequencias.. neve...doencas...pele seca..boca rachaada...nariz sangrando... O inverno é terrível..eu já sabia disso e por isso que me neguei a vir nessa época... eu acho que não ia suportar. Acabei de descobrir que a neve vai embora so em março rs.....acha força de vontade para aguentar ela até lá rs...


Natal, minha host deixou minhas amigas virem para ca, então faremos uma ceia, acho que será bem legal. Pelo menos não passarei sozinha, já que minha familia não comemora.


Ano novo... NYC em uma festa no Bryant Park. Espero que seja boa pq o convite para pisar lá não foi lá nada barato, mas vale a pena já que esse é meu único ano novo aqui.


E a vida continua.. não consegui ir me matricular no college, mas no primeiro dia em Janeiro estara lá para fazer minha matrícula.


Bjs e vamos que vamos pq temos uns 3 meses ainda nesse friozinho insuportável rs...


segunda-feira, 15 de dezembro de 2008

I'm so disappointed!!!

Pois eh...cada dia mais eu repenso a minha vida aqui e hoje é um dia que estou muito desapontada. Comigo, com meu inglês com minha comunicação.

Percebo que cada dia eu me engano que meu inglês está melhor, eu me esforço e estudo, leio, vejo filmes, mas enfim sempre cometo erros ridiculos, primários que não deveriam mais persistir em meu inglês.

Meu dia quase todo é off, mas hoje já não sei até quanto isso é bom! Eu estudo bastante sozinha, pelo menos 2 horas todos os dias. Mas não tenho com quem conversar. O dia todo sou eu e eu mesma ou então com as amigas que ra... são todas brasileiras e enfim cade que me ajuda com o inglês.

Estou muito decepcionada... aqui em casa, ninguem conversa comigo, antes eu nem ligava e até gostava, mas enfim acho que me ajudaria se conversassem mais comigo, quando meus hosts estão em casa até com as crianças a minha conversação é mais limitada. Eles tãmbém não conversam comigo, muitas vezes na mesa me sinto um fantasma, quando conversamos é meia duzia de palavras, não sei se eles não tem paciência ou se não se interessam por mim!

Me sinto um fantasma em casa...a única que pode me corrigir é a mais velha e assim ela faz, mas não fico muito tempo com as kids então...nem isso está me ajudando!

To mais perdida do que cego em tiroteio e as vezes nem sei ainda onde vale a pena continuar aqui. Eu melhorei, claro não posso dizer que estou do mesmo jeito que cheguei, mas ta muito longe do que eu pensava em seis meses, quando cheguei aqui!

Muita frustação isso... preciso fazer amizades estrangeiras, focar mais. Mas to perdida e não sei o que fazer...

Amanha tentarei fazer a inscrição no College, não estudarei mais inglês porque até então não me ajudou nada, somente um curso foi aproveitado. Tentarei estudar Marketing, mas na verdade hj estou tão decepcionada que nem sei se tenho capacidade de acompanhar o curso!

As vezes penso que o problema é meu e eu que sou muito burra para aprender inglês.. que venho tentando a tantos anos e nunca essa porcaria de lingua entra na minha cabeça.

Duro viu..

quarta-feira, 10 de dezembro de 2008

so mais uma coisinha... alguem mais ai esta com cor de abacate podre???

Nao sei o que eh pior... essa corzinha estranha que nem mais o blush esta ajudando ou o laranja tipico dos americanos que fazem bronzeamento articial... I'm thinking about to make my decision hahahaa

segunda-feira, 8 de dezembro de 2008

Weekend - Washington DC

Esse final de semana foi um otimo final de semana para alguem que ja esta um pouco cansada com toda a rotina. Nada como viajar, acho que não existe nada melhor para nos mostrar que estamos vivos e que temos um mundo a conhecer.

Eu e mais três amigas fomos a Washington DC. Apesar do frio, e coloca frio, acho que essa não é uma boa época para conhecer lá, aconselharia as pessoas irem no verão, primavera ou bemmmmm no comecinho do outono.

Existem muitas atividades outdoor mas também muitos museus interessantes. Um final de semana não é o suficiente para fazer a viagem com qualidade, conhecer tuuuuudo mas enfim, deu para ver a capital, apreciar os monumentos.

Visitamos a Casa Branca, Memorial Lincoln, Capitol, Washington Monumento, vários museums.

Foi amazing e mais uma cidade tirada das listinhas das que gostaria de conhecer.












Mudando um pouco de assunto.. depois de tanta tempestade.. sentimentos...insegurança... tristeza.. a paz voltou a reinar na minha santa cabeça. Realmente era uma homesick. das nervosas... mas nada que a vontade de continuar em busca da melhora não fizesse que todos aqueles sentimentos ruins fossem embora, além de muita oração.
Mas estou tão focada nos meus objetivos que não estou dando mais margem para esses sentimentos. To muito bem, com uma paz enorme... me sentindo a melhor companhia do mundo e depois de tantos altos e baixos me sentindo verdadeiramente eu.
Cansei de entender algumas cabeças...de dar mais atenção aquilo que não merece... de achar que pessoas que conheci a 6 meses atrás são essenciais para a minha vida aqui rs...Sim, existem pessoas que são especiais... mas não essenciais...
Estou estudando todos os dias.. lendo.. assistindo TV.. estudando em livros que pego na biblioteca.. estudando com o computer e noto uma melhora absurda nesse mês que venho me empenhando.
E assim é minha meta daqui para frente dedicação total...acho que agora eh a hora de turbinar. Estou com 5 meses e meio pela frente e quero me dedicar de corpo e alma, isso esta me fazendo um bem danado e qualquer hora que estou a toa me volto a fazer algo para estar full time keeping in touch with my english...
O frio ta danado mas tb cansei de reclamar porque isso não vai fazer esquentar rs... de fato eu até ando mais acostumada e nem estou sentindo mais aquele frio absurdo do começo.
Festinhas de final de ano chegando e para mim é impressionante que com todo esse clima de Natal aqui nos EUA parece que não esta acontecendo pelo menos para mim. Nao estou triste ou chateada de não estar em casa nessa data, porque para mim isso é o de menos.. mas sei la.. ta estranho... e parece mais um dia comum como qualquer outro rs...
Convitinho do Ano Novo na mão.. planos mudados mas diversão sempre garantida...
quem venham os 2o dias restantes para esse ano que posso dizer que foi MARAVILHOSO E O MAIS IMPORTANTE DE TODOS NA MINHA VIDA!!!










quarta-feira, 3 de dezembro de 2008

Essa noite eu sonhei com vc!!!



"Esta noite eu sonhei com vc... e queria bem mais que sonhar"


Sonhei que fomos a praia, e vc me viu e me deu um abraço tão forte e gritou Titia com tanta emoção que lágrimas cairam do meu rosto e senti no sonho a emoção de te dar um abraço!


Lembrei muito de vc essa semana, porque estava brincando de pintar com a minha Kid mais nova e lembrei de quando brincavamos de pintar, recortar e colar!


Tambei lembre de vc quando estavamos assistindo H5 e tocou lá em ingles o som da Xuxa animais e na hora lembrei do quando vc gostava daquele DVD circo...na hora lagrimas cairam do meu rosto incontrolaveis e minha Kid perguntou pq eu chorava... eu disse que de saudades pq lembrei de vc!


Como sinto saudades!!!


Te amo!

terça-feira, 2 de dezembro de 2008

six months...Here I`m...

Hoje..e meu sexto mes aqui nos EUA. Muitas..muitas coisas aconteceram...hoje estou mais cansada dessa vida... ja na rotina e com a certeza que quero muito voltar para casa. Cada uma de nos temos nossas experiencias aqui.. gostaria muito de poder me sentir aberta caso fosse preciso extender, mas a verdade e que eu nao consigo.. n'ao da mais para mim e so n'ao decreto game over porque nao serei fraca ao ponto de desistir. Nao esta sendo facil... ando com muita saudade de casa, uma musica, uma conversa, um pensamento e um segundo para eu me ver la e ver a saudade gritar, saudade de casa, da familia, de Sao Paulo, das amigas, de trabalhar e ter a minha vida louca de volta...sentir falta das minhas viagens e ate de Cuiaba rs.... senti saudades esses dias hahahaha.

Mas ainda tenho muito que fazer aqui... sinto que perdi um pouco em varios aspectos aqui... acordei ...acho que ainda em tempo.. com meio caminho andado.. mas com meio caminho a seguir. Estou fazendo um plano de tudo que preciso fazer... desde compras..viagens..estudos.. enfim... um check list com dead line e que quero chegar no final de maio com tudo completo. E eu vou!!!

Hoje a ilusao passou. Hoje sei que meu ingles nao ta melhor por minha culpa.. muito portugues..amizades brasileiras...e isso ja tinham me avisado antes de eu vir para ca, mas parece que a loucura de viver isso fez eu esquecer de tudo..conselhos...planos..objetivos.

Com a cabeca no lugar, com meus planos a seguir eu sigo nessa estrada. Nao me importa mais se eu me divirto, se os amigos sao verdadeiros... hj eu sei certo quem eu posso contar..e de fato...conto nos dedos, cabe em uma mao e ainda sobram muiiiiitos dedos nesta. Nao me importo mais...tb nao sofro mais.

Quero aproveitar cada dia... estudar..sozinha... na escola...ler livros...ver filmes...ter amigos estrangeiros...minha cabeca gira em torno disso agora. O que era para ter acontecido a 6 meses atras...Agora sou eu...lutando contra o tempo...mas com a certeza que a tristeza so me levara para o caminho da dor e da dificuldade e se eu decidir ser feliz a cada dia que eu acordo eu posso... porque tenho tudo que preciso.. minha familia e amigos esperando...um futuro pela frente...Deus sempre me olhando...muita forca de vontade para vencer...ter chego aqui e ter essa oportunidade que tenho certeza que sera inesquecivel por toda a minha vida. Sim, tem dias que sao dificeis mas decidi esquecer tudo e aproveitar cada segundo que nao voltaram mais....

Que venham meus 6 meses restantes.

Bjs

quarta-feira, 26 de novembro de 2008

Vamos que vamos que a economia ta aquecendo...

Pois é... como chorar o leite derramado não vale a pena, vamos que vamos que temos 6 meses pela frente, muito trabalho a fazer e um ingles melhorzinho a se almejar rs...

Assim como o Obama, lançando novos planos econômicos e trabalhando para melhorar a economia desse país eu vou fazer a mesma coisa com a minha vida rs... Por isso.. viagens, gastos extras e afins foram cortados a longo prazo. Preciso pagar meus cursos ja que minha bolsa acabou.

Desde que cheguei aqui fiz 3 cursos, 1 meia boca, um sem comentário e um muito bom de writing. Essse me ajudou a desenvolver idéias em inglês, aprender vocabulários, enfim, valeu a pena.

Minha meta agora são mais 3 cursos para os meses que me restam. Um na minha área, Marketing and Busineess que estou estudando duas opções, uma na city na New School e outro aqui no Westchester College. Verdade verdadeira é que queria fazer o da city mas o custo é bem alto, fora que tem o transporte, então tenho que pensar direitinho e decidir até semana que vem. Quero também em janeiro fazer um curso de Pronunciation que graças aos elogios da Dona Cori fiquei empolgada em fazer. Também farei um último curso no Manhattan Ville, mas ainda não sei o que. Ai acho que estou done.

Não será suficiente isso tenho consciência, mas também não posso ficar aqui mais que 1 ano. Nossa vamos parar de falar isso! Vai que eu arrumo um americano rico e caso né hahahahahahaha brincadeirinhas a parte!

Bjs e Bom Thanksgiving pq ainda estou chocada que terei que trabalhar a couple of hours de manha, quero ir na parade.. e ainda tenho esperança de jogar um charme na minha host e conseguir rs..

segunda-feira, 24 de novembro de 2008

Quer saber como eu me sinto... eu falo!!!!

Seis meses chegando e parece que estou em contagem regressiva. NÃO VEJO A HORA DE VOLTAR PARA CASA. Só não volto mesmo porque o inglês.. hummm. Ah o inglês... ta ruim ainda.

A minha única motivação mesmo que frustrada ainda de permanecer aqui é o meu inglês. Vamos por partes: A vida nos EUA mesmo com crise, é easier que no Brasil.. sim é mesmo. Viver aqui é bom, aqui temos natureza, temos 4 estações, temos facilidades de comércio. Aqui nos não vemos a pobreza escrachada que é no nosso país, aqui a violência é muito menor, criminalidade também ( não imune.. mas sem comparações ao Brasil), aqui as pessoas são mais bonitas, mais chics ( não me pergunte se são mais inteligentes porque é essa uma das minhas frustrações.. comento adiante).

Noto que estou parada no tempo, ou talvez retroagindo. Estou com uma homesick do caramba e o que me faz pensar e começo a não entender porque as pessoas ainda querem essa vida para elas. O intuito do programa de au apair é super válido, aqui vc aprende sim o inglês, muito mais que se estivesse no nosso país, isso no way.. so mesmo quem tem muita facilidade com a lingua ( não meu caso), o custo benefício é muito bom, a sorte também tem que contar com vc. É preciso fechar com uma familia razoável.. sim razoável porque nenhuma é perfeita.. não existe.. nunca.. nem a nossa verdadeira família é rs... Se me perguntarem melhor forma de se vir aprender a lingua nos EUA eu digo, venha como au pair, mas..sim... tenha na sua cabeça o que e isso tudo. Começo medo, depois adaptação, depois mil maravilhas e no meu caso agora.. saco cheio!!!! Você vai perdendo toda a paciência do mundo que tem... tem horas que não acredito nas birras, nas manhas.. e olha meu sonho de ser mãe ainda persiste mas haja..haja paciência. Crianças sem pais... harmonia... crianças com pais.. INSUPORTÁVEIS!!! Enfim.. isso é o de menos, sinceramente menos me encomoda.. amo minhas pimentinhas de paixão rs...

O que andou fazendo minha ficha cair é o quanto ando me sentindo burra, infantil e fútil. Essa vida é baseada em futilidade. Estamos na maioria das vezes rodeadas de au pairs, na mesma rotina, na mesma vida mas com passados diferentes. A vida aqui gira em torno de rotina de dona de casa ECA...escolas frajutas...viagens...gastos fúteis.. ( bom.. isso eu amo.. mas não deixa de ser fútil) e baladas. Gente..sinto que estou na vida de adolescência em pleno os meus 25 anos. No começo sim foi bom, mas ultimamente anda me encomodando demais. Sinto falta da minha vida corporativa, rodeada de pessoas inteligentes, mais velhas, maduras e com experiência de vida, sinto falta de descutir sobre economia, sobre politica, sobre o mercado. Sinto falta de ouvir pessoas experientes contar suas experiências de vida. Sinto falta de pessoas com conteúdo. Cansada de ouvir sobre o date, sobre a viagem, sobre a balada. Nem mesmo o inglês as pessoas estão preocupadas. Ando me sentindo um peixe fora d'agua. Um ser sem vida, sem conteúdo, sem informação.

Au pair tem rótulo e não é para menos haja tanta infantilidade, salva poucas almas.. graças a Deus amigas. Reparo que credibilidade para a nossa "raça" é zero.

Viver aqui é muito bom sim, mas vem cá...viver em um país para ser babá... para trabalhar em restaurante...enfim... NÃO CONHEÇO um caso sequer de babá ou brasileiro que trabalha aqui que se deu bem.. quer dizer conheço sim um caso. ( Se alguem souber mais me avisa rs..). Brasileiro vem para cá para fazer dinheiro, são aqueles sem formação no nosso país, são aqueles que as oportunidades poucas mas para quem tem conteúdo no nosso país foram fechadas porque não estudaram. Acho que caso é caso, opinião é opinião, moraria aqui sim, desde que tivesse um emprego descente, morando por minha conta. Viver com os outros é um inferno. Perda de privacidade total. Ser babá.. trabalhar em resturante.. obrigada, meu país é pobre sim, tem violencia sim... é emergente sim...mas comecei a minha vida lá, estudei, graças adeus encontrei boas oportunidades de emprego e larguei tudo para aperfeiçoar meu inglês, Foi válido, está bem melhor mas se em um ano não esta bom...vai ficar, pq não dá mais para viver essa vidinha infernal não.

Experiências a parte, a maioria das au pairs são mais novas, estão na faculdade e trancaram, as que terminaram nunca trabalharam na área, muitas estudam e nunca trabalharam. Tudo muito diferente da minha realidade e talvez esteja aí a diferença de pensamentos. As pessoas de fato não me conhecem, porque também a minha vida no Brasil nem tenho o que descutir com elas, a maioria nunca nem trabalhou, não tem profissão ainda. Eu posso dizer que tive oportunidades no meu país emergente e que aqui, sorry nunca vão se concretizar, principalmente partindo do suposto que vc é au pair. Existem meninas que querem viver a vida toda aqui, e eu não quero mais nenhum dia nessa vida! Não como au pair.

Enfim.. não tenho muito o que fazer... somente rezar para passar logo, me dedicar ao extremo e voltar. A meta foi vir aprender o inglês isso to tentando, cresci como pessoa, dou hj valores a coisas despercebidas. Amo incondicionamente minha familia e amigos deixados. Sinto saudades dos amigos com quem podia me sentir uma adulta que podia conversar com tal e me sentir inteligente... atualizada...

Voltar aqui ahhh sim amo esse país, mas como turista, como estudante, á trabalho.. como au pair, obrigada meu senhor... um ano já deu sua cota!

quinta-feira, 20 de novembro de 2008

De volta ao passado!

Eu acho que esse blog anda meio melancolico rs... bom, afinal a dona dele anda melancólica também então não dá para esperar nada muito melhor rs...

A grande verdade é que tudo isso, viver longe, conhecer uma nova vida, nova lingua, novas pessoas mexe muito com a gente. Acho que até a pessoa mais hard heart fica em alguns momentos sensiveis. E não tem como não, a mudança é grande... muito grande... de um dia para o outro você deixa de conviver com aquelas pessoas que você conhece desde que nasceu e passa a viver com pessoas que você nunca viu, mas que aos poucos vão se tornando familiar e muito queridas em um espaõ d etempo muito curto.

Bom... chega de filosofar e vamos ao que interessa. Faz tempo que não falo dos meus finais de semanas aqui, nada tem mudado muito e até acho que preciso fazer mais coisas, mas a realidade é que não dá para fazer tudo que se quer, guardar, comprar, viajar. O dinheiro ue recebemos é pouco e a gente se vira nos 30, mas a verdade que muitas pessoas ficam frustradas é que vc não consegue realizar tudo em tão pouco tempo. No meu caso eu to meio desesperada porque preciso começar a juntar para viagens, para estudar porque minha bolsa acabou, para comprar algumas coisas, enfim... queria meu salario de volta rs....

Graças a Deus to bem servida de eletronicos e não vou precisar comprar nada no Thanksgiving, ja meu meu laptop, minha maquina, celular ( mas ainda tenho meu sonho de consumo Iphone), Ipod, GPS. Quero alguns eletronicos mas isso da para comprar mas la na frente.

Vamos voltar ao assunto... finais de semana aqui estão se tornando boring... desejados sempre depois de uma semana cheia de rotina, mas os finais de semana tb tão se tornando chatinhos, baladinhas...mall, enfim coisas de sempre...O frio acaba com a gente.. ainda mais gente veia que nem eu que fica com preguiça. Final de semana passado eu fui fazer ice skating, muiiiiiito bom! Fazia tempo acho que desde meus 14 anos que não patinava e olha que nem cai hahahah foi muito bom.

Ainda na minha listinha de consumo:

Ir para mais shows...
Assitir espetáculo da Broadway...
Assitir o cirque dul soleil aqui.. amoooooo
Ir para Disney...
Ir para Vegas... Califa...
Tentar.. pq não sei se vai dar... ir para Bahamas...

Tanta coisa..tanta coisa e o tempo e o dinheiro enfim... deixam a gente louca correndo contra o tempo. Quase 6 meses longe de casa...longe da familia...parece que foi ontem que sai de casa num domingo de frio, meu aniversário, dei um beijo e abraço na minha mae ue estava muito nervosa com a minha ida e ficou passando mal e com dor de cabeça e não foi no aeroporto...olhei meu quarto... caiu uma lagriminha...apaguei a luz... e fui assim.. olhando cada comodo pela ultima vez em um ano...dei um abraço.... um beijo muito forte no fedidinho do Romeu ( meu cachorro rs..) coloquei minhas malas no carro e cai nessa jornada. Parece que foi ontem e eu ja estou na metade do caminho!!!

Um beijo e obrigada a todas pela força... carinho... e palavras!

quarta-feira, 19 de novembro de 2008

As vezes precisamos tomar algumas atitudes, porque estamos perdidos, porque estamos pesados,, enfim, não é justo alguém sair ferido e se alguem tiver que sofrer que seja eu. Odeio ver alguem que amo, que considero, que admiro e que meu carinho vai além, sofrer.

A verdade é que o peso saiu sim.. mas levou tudo que me restava e hj so posso dizer que estou vazia... muito vazia....

terça-feira, 18 de novembro de 2008

GOSTAR DÓI - COMEÇO, MEIO E FIM...

"Sempre acho que namoro, casamento, romance, tem começo, meio e fim.

Como tudo na vida. Detesto quando escuto aquela conversa:- Ah, terminei o namoro...- Nossa, estavam juntos há tanto tempo...
- Cinco anos... que pena... acabou...
- é... não deu certo...

Claro que deu! Deu certo durante cinco anos, só que acabou.

E o bom da vida, é que você pode ter vários amores.

Não acredito em pessoas que se complementam. Acredito em pessoas que se somam.

Às vezes você não consegue nem dar cem por cento de você para você mesmo, como cobrar cem por cento do outro?

E não temos essa coisa completa.

Às vezes ela é fiel, mas é devagar na cama.

Às vezes ele é carinhoso, mas não é fiel.

Às vezes ele é atencioso, mas não é trabalhador.

Às vezes ela é muito bonita, mas não é sensível.

Tudo junto, não vamos encontrar.

Perceba qual o aspecto mais importante para você e invista nele.

Pele é um bicho traiçoeiro. Quando você tem pele com alguém, pode ser o papai com mamãe mais básico que é uma delícia. E as vezes você tem aquele sexo acrobata, mas que não te impressiona...Acho que o beijo é importante... e se o beijo bate... se joga... se não bate... mais um Martini, por favor... e vá dar uma volta.

Se ele ou ela não te quer mais, não force a barra. O outro tem o direito de não te querer.Não brigue, não ligue, não dê pití.

Se a pessoa tá com dúvidas, problema dela, cabe a você esperar... ou não. Existe gente que precisa da ausência para querer a presença.

O ser humano não é absoluto. Ele titubeia, tem dúvidas e medos, mas se a pessoa REALMENTE gostar, ela volta. Nada de drama. Que graça tem alguém do seu lado sob pressão?O legal é alguém que está com você, só por você. E vice versa.

Não fique com alguém por pena. Ou por medo da solidão. Nascemos sós. Morremos sós. Nosso pensamento é nosso, não é compartilhado. E quando você acorda, a primeira impressão é sempre sua, seu olhar, seu pensamento.

Tem gente que pula de um romance para o outro.Que medo é este de se ver só, na sua própria companhia?

Gostar dói. Muitas vezes você vai sentir raiva, ciúmes, ódio, frustração...Faz parte. Você convive com outro ser, um outro mundo, um outro universo. E nem sempre as coisas são como você gostaria que fosse...

A pior coisa é gente que tem medo de se envolver. Se alguém vier com este papo, corra, afinal você não é terapeuta. Se não quer se envolver, namore uma planta. É mais previsível.

Na vida e no amor, não temos garantias.

Nem toda pessoa que te convida para sair é para casar.

Nem todo beijo é para romancear.

E nem todo sexo bom é para descartar... Ou se apaixonar... Ou se culpar...

Enfim... quem disse que ser adulto é fácil ?????

Arnaldo Jabor

segunda-feira, 17 de novembro de 2008

Reflexões...

Ultimamente é o que mais eu ando fazendo aqui... refletindo sobre tudo, sobre todos, sobre mim, enfim....



Uma coisa que eu posso dizer é que se eu ando meio chata, de fato posso estar mesmo, de fato as pessoas andam comentando demais, então...acho que nunca é tarde para mudar ou pelo menos tentar. Mudanças sempre fizeram parte da minha vida e eu nunca tive tempo ruim com isso. Agora as vezes as pessoas olham demais para os nossos defeitos e esquecem que elas também tem, e tb esquecem as nossas boas coisas, e também esquecem que se nem Jesus era perfeito para o povo, quem dirá nos simples humanos que estamos aqui para errar, mudar, aprender e crescer.



Eu nunca, nunca tive medo de adimitir que errei, de chorar com minhas derrotas, de erguer a cabeça e corrigir meus erros. Com certeza eu jamais serei aquela pessoa de genio fácil, de esconder suas opiniões, de não demonstrar quando está magoada porque me desculpem mas eu sou assim e se eu não sirvo para ser seu amigo ou companheiro com os meus defeitos que EU SEI... SEI SIM... que são muito chatos, desculpe. É o só o que posso dizer. Porque existem pessoas que me conheceram, que cresceram comigo, que me respeitam e que me amam com todos os meus defeitinhos chatos. Existe sim... 5 pessoas mais que especiais na minha vida, mais que irmãs, existe minha familia. Não preciso de mais nada, a não ser que as pessoas me aceitem do meu jeitinho meio nervosinho. Mas quem me conhece sabe o tamanho do meu coração... sabe que eu nunca...nunca deixo de estender minha mão para ajudar um amigo, colega, conhecido. Sabe que eu estou sempre disponível para escutar, para aconselhar, para chorar com suas histórias e também para rir com suas alegrias e conquistas. Eu não sou perfeita não... tenho meus defeitos sim...mas graças a Deus posso dizer que meu coração é regado de bondade...de amor...e que nunca eu desejei o mal nem de uma formiga.

Eu reclamo sim... eu sei disso e quem não sabe... não eh mãe, Tata Deia, Tata Paty, Tata Gi, Mi, Tati, Jana e Lira, Thi... sim eu reclamo... e essas pessoas sabem muito bem... mas pergunta para elas se um dia eu reclamei de começar a trabalhar as 16 anos. Se um dia eu reclamei de pagar a minha faculdade sozinha, com muito, mas muito sacrificio que so eu sei, contar cada centavo, se individar, enfim. Muitos dias eu reclamei de cansaço, de stress por levantar cedo, 5h30 AM, pegar onibus... chuva, transito, 2 horas de caminho ao trabalho, mas correria para voltar, engolir a janta e correr para a faculdade chegar 12h00 PM e correr para durmir porue me restavam poucas horas para durmir. Mas nenhum dia se quer eu faltei com minhas obrigações por reclamar as vezes.

Eu acho de fato que preciso mudar algumas atitudes...eu não sou do tipo de pessoa que não admite mudança de comportamento. Eu posso tentar, não prometo, pq não eh facil mudar sua essencia, mas quem gosta da gente de verdade, ficará feliz com a conquista de mudar, mas não vai deixar de amar a gente porque falhamos.

Eu sou chata, eu reclamo sim...mas eu não sou nenhuma criança, apesar de aqui eu achar que ando infantil demais...e deixar que as pessoas pensem isso... mas eu sou uma pessoa que ja viveu um pouco...bem poquinho... mas ja tem uma história de vida pessoal... profissional... Eu tenho muito que aprender...mas não me chama de futil... isso não... porque vc nao me conhece acho que ao fundo, para achar porque gosto de rosa...de onça...de sapato... sou uma pessoa futil. Seria sim se eu nunca soubesse o valor que cada coisa dessa me custa, que eu gastasse o dinheiro do meu pai para comprar essas futilidades, estudar e badalar, eu seria futil se nunca tivesse pensado em crescer, em estudar, em batalhar e lutar sozinha pelas minhas próprias conquistas que tenho o orgulho de dizer que são minhas... não esnobo que consegue com ajuda e acho que a vida é bem mas fácil para tem...também gostaria muitas vezes de ter, mas eu não tenho... e nem por isso deixei de correr atras de meus sonhos, de traçar minhas metas...

Então...me conheça... ao fundo...me pergunte...não me julgue porque gosto de me arrumar, de ser "diferente", enfim... de ser eu...

sexta-feira, 14 de novembro de 2008

Sonho maluco...

Essa noite tive um sonho maluco, e na verdade não foi o primeiro, ja aconteceram outras vezes e eu sempre sonho que estou voltando para o Brasil quando estou com muita saudade e fico meio de homesick.

So que o mais estranho é que eu sempre, mas sempre estou triste, desapontada e angustiada, e não feliz em rever a familia... Logico que de primeiro eu dou um abraço bem forte naqueles que estão no meu sonho, que é sempre minha mae, pai e irmas, sobrinhos e cunhados, mas eu sempre estou desesperada porque eu voltei e fiquei pouco tempo aqui além de ter muito tempo pela frente. A sensação é de desespero porque eu me arrependo de ter voltado quando piso no Brasil.

Eu acho que isso é um recadinho...porque por mais que eu nem penso em voltar antes do tempo, quando eu fico com muitas saudades eu sempre sonho que estou voltando, mas a sensação não é boa porque depois que eu volto eu vejo que não cumpri com minha misão e fico muito triste.

Com certeza isso para mim é um recado, aqui ainda tenho muito o que fazer... o que quer que seja que Deus tenha me preparado para essa missão. Seja para colher ftrutos pessoais, profissionais...

Aqui continuo firme e forte... vamos que vamos que eu tenho 7 meses... 6 de au pair e 1 de viajante rs...

Beijos e bom final de semana!

quarta-feira, 12 de novembro de 2008

Quero casa... familia...mae...pai...



Hoje estou de homesick... triste eu sei, mas a verdade como relatei no meu posta anterior a ficha mei que caiu e hoje é um dos dias que não sei o que estou fazendo aqui... quer dizer... eu sei... mas que a saudade gritou e esta gritando tão grande que as vezes penso que a minha vida aqui não faz muito sentido. Papo de loco... de gente carente e com saudade.


Tudo começou porque fui ver um amigo do Brasil que veio passar férias com a familia em city, na verdade ele veio trazer uma bota minha que pedi para ele trazer e aproveitei para passar meio do dia com eles ja que eu fico off num horário bem longo. Fou muito bom rever um rosto de alguem da minha " vida real", alguem que eu ja conhecia antes e o que faz cair a nossa ficha que realmente estamos "sozinhos". Meu amigo estava com a familia, passeando... se divertindo... e que saudades da minha familia que me deu. Passei uma tarde super agradável, mas no meu caminho de volta com uma voltade de pegar o primeiro avião e voltar para casa.


Como é ruim esses altos e baixos que vivemos aqui... a verdade é que estou cansada de tudo, gosto da minha vida aqui e estou acostumada....não é nada que me faça querer de fato voltar pq sei que vou ficar bem, mas é a vontade mesmo de estar com os nossos, na nossa vida, no nosso país, na nossa casa, comendo nossa comida, estar com nossos amigos... com o que é nosso.


Hoje se eu tivesse um genio da lampada, se eu pudesse pagar o preço que fosse... eu pagaria ou desejaria um abraço bem forte dos meus pais e das minhas irmãs que sinto muiiiiiita saudade!


Mas... vamos em frente... pq a cabeça da confusa... esquecer e mergulhar na farra... ficar centrada e morrer de saudade.. esse é meu dilema... esses são meus sentimentos!


bjs

segunda-feira, 10 de novembro de 2008

acorda!!!

Oi...

Noite passada perece que uma ficha caiu.

Se passaram 5 meses que larguei minha vida, trabalho, familia, amigos e namorado. Eu fiz todo um planejamento de viagem, todo um planejamento de estudo e cheguei aqui. Mas, a verdade é que estou muito decepcionada comigo.

Logico que eu aprendi muito nesses 5 meses mas a verdade é que eu não estou cumprindo com o que eu vim fazer aqui, que eh estudar.

Eu ando muito relaxada, eu vejo cada dia mais meu inglês atrofiando, sem evolução e não existe qualquer culpado no mundo a não ser eu.

Andei desfocada dos meus objetivos, sensivel e carente demais, preocupando so em me divertir e tentar esquecer a saudade, que esqueci do objetivo principal que eh evoluir no meu inglês que foi o único motivo que me fez largar toda uma vida ja construida. Em quando isso, eu fico bancado a adolescente que nunca teve sua fase... PARA JA... ACORDA DONA GISELE.

Noite passada quase nem durmi refletindo tudo que estava errado, e se for para continuar desse jeito é melhor voltar para minha casa. Como, eu não quero isso, como eu realmente posso mudar a situação, resolvi erguer as mangas, largar a vida que estava levando, desorganização, falta de dedicação, falta de objetivo, falta até mesmo de amor próprio.

Acordei e hoje mesmo comecei os 5"s. Limpei todo o meu ambiente que estava uma vergonha, joguei tudo que não me servia mais. E so foi o começo de uma grande mudança.

Hoje começa uma nova fase, acho que volto a ser eu mesma, toda a mudança, toda a ausencia faz a gente ficar futil demais, pelo menos é assim que eu estava me sentindo, parecendo uma adolescente em pleno os 25 anos nas costas.

Eu não vou extender e para que eu consiga evoluir eu preciso me dedicar que foi o proposito de eu ter saido de casa.

Acho que não é tarde, então... hoje começou uma nova fase na minha vida!

beijos
Gi

quarta-feira, 5 de novembro de 2008

Felicidade!!!!




Se pudesse colocar em palavras a minha felicidade...acho que esse post renderia um livro.

So posso dizer que Deus... está mandando mais um anjo para nosso lar que receberemos com muito amor e carinho.

Saudades: familia...crianças...pais...lar...abraço...carinho...

Pelo menos acho que chego antes dele(a) nascer...

segunda-feira, 3 de novembro de 2008

5 meses

Ontem fizeram 5 meses que estou aqui. 5 meses, longe da minha familia... foi tão dificil no começo... parecia insuportável, mas nada como o tempo para dar paz ao coração... diminuir a dor da saudade e simplesmente deixar a lembrança do bom abraço da mamae e do papai. Saudades dos meus sobrinhos correndo pela casa, gritando, lutando. Saudades dos domingos na cozinha de casa, batendo papo com minhas irmãs. Saudades do meu quarto, do meu sofá predileto, de chegar do trabalho, correr para o meu banho e cair no sofa... durmir antes das novela das 8 acabar.

Saudades das amigas... saudades dos encontros, dos passeios em shopping, das ligações, saudades dos abraços, saudades das baladinhas. Saudades de passar na casa delas quando não tinha nada para fazer ou quando a saudade batia.

Saudade dos meus finais de semana, do carinho e amor do namorado. Saudade daqueles momentos que jamais serão os mesmos pq eu mudei.

Saudade até mesmo de trabalhar, de acordar cedo me arrumar e pegar o transito de são Paulo.

Mas, por outro lado encontrei a minha maneira de ser feliz aqui, tudo com amor e carinho... porque acho que são base de tudo. Mesmo com as minhas chatisses rs...

Conquistei minhas crianças e amo elas imensamente, temos momentos agradáveis juntas e aproveito cada segundo ao lado delas porque sei que o tempo é curto.

Conquistei amizades que são tudo para mim aqui, são minha família, são minhas forças, são os ombros que preciso quando tenho que chorar, são amigos para sair, para conversar, para tomar um cafe ou uma cerveja, para dar conselho ou bronca, para ouvir um conselho ou também uma bronca.

Conquistei minha auto afirmação... minhas certezas... algumas dúvidas.

Conquistei confiança.

Conquistei minha liberdade.

Hoje tenho a certeza que nada é impossivel desde que você tenha força de votade, determinação e forças.

Hoje tenho a certeza que amo aquelas pessoas que deixei incondicionalmente, que cada dia e cada história longe delas me rendem algumas lágrimas, mas por outro lado a distância me traz experiências que jamais teria vivido se não tivesse que abrir mão desses momentos perdidos.

A vida é uma via de duas mãos... você nunca pode andar pelas duas ao mesmo tempo, mas o importãnte é aproveitar e estar seguro daquele caminho que vc está naquele momento.

Hoje após 5 meses me sinto uma pessoa feliz, que pode dizer que tem histórias, que conheceu pessoas, que se decepcionou mas depois perdoou, que vive intensamente cada momento porque sei que eles jamais voltaram.

Hoje após 5 meses posso dizer que parece que foi ontem que sai da minha casa, mas que nesse espaço de tempo aconteceram tantas coisas que daria para escrever um livro.

Me sinto feliz por um dia ter resolvido fazer diferente, experimentar o incerto, ousar nos meus limites, abrir minha mente e poder dizer que cada lágrima, cada saudade sentida, valeu e esta valendo a pena porque tudo continuará a mesma coisa quando eu voltar, mas meus olhos, minha vida, meus pensamentos... jamais serão o mesmo depois dessa passagem tão importãnte da minha vida!

Obrigada Deus pela oportunidade, pela força!!!!

Que venham meus 7 meses restantes.

sábado, 1 de novembro de 2008

Halloween...































Ola...


Tempinho que não venho aqui right... pois bem halloween was amazing... impressionante como o pais fica magico nessa data. As casas todas enfeitadas...todo mundo esperando o dia...comprando fantasias...se programando... então chega o dia... NYC fica povoado por personagens... todos no trem, subway, ruas, taxis, carros.

Perdi a parade... triste eu sei... mas a noite compensou... so o fato de andar nas ruas de NYC e ver todo mundo naquele clima... ja compensou... depois fomos para a Cains uma baladinha e foi demais... dancei muiiiiiito.

Bom o que posso dizer eh que foi bom, 1 noite eh pouco rs... poderiamos ter mais halloweens rs...

Final de semana passado fui para um cruise bem bacana pela APIA, 2 horas mas foi bem divertido depois caimos para o Miss Favela no Brooklin.
ficam fotinhos...

bjs

sexta-feira, 24 de outubro de 2008

QUERO ENTENDER!!!

Eu so queria entender porque quanto mais a gente espera de uma pessoa mais ela nos descepciona.

Existe gente maluca, eu em genero em alguns momentos ate tenho umas maluquices... mas a cabeça do ser humano realmente é algo que nem ele mesmo entende.

As vezes vc tem certeza de algumas atidudes e derrepente as pessoas fazem o contrário e voce simplesmente fica sem resposta e sem entender o porque de tudo... Muitas vezes vc não pode cobrar nada e o que lhe resta é ficar com o ponto de interrogação e abitolada como eu sou... ficar fazendo mil desfechos para aquela história.

E o pior de tudo é as pessoas acharem que vc é estupido, que não tem noção da situação e acham que com uma desculpinha esfarrapada vai te enganar. Será que somos tão ridiculos assim de não perceber que certas desculpas não colam... que não fazem sentido para uma terceira pessoa...

Tem gente que é mesmo muito no sense...

É FODA............


Bom final de semana e vamos esquecer esses coisinhas que não levam a nada!!!

quarta-feira, 22 de outubro de 2008

Confesso...

Confesso
Ana Carolina

Confesso acordei achando tudo indiferente
Verdade acabei sentindo cada dia igual
Quem sabe isso passa sendo eu tão inconstante
Quem sabe o amor tenha chegado ao final
Não vou dizer que tudo é banalidade
Ainda há surpresas mas eu sempre quero mais
É mesmo exagero ou vaidade
Eu não te dou sossego, eu não me deixo em paz

Não vou pedir a porta aberta é como olhar pra trás
Não vou mentir nem tudo que falei eu sou capaz
Não vou roubar teu tempo eu já roubei demais

Tanta coisa foi acumulando em nossa vida
Eu fui sentindo falta de um vão pra me esconder
Aos poucos fui ficando mesmo sem saída
Perder o vazio é empobrecer
Não vou querer ser o dono da verdade
Também tenho saudade mas já são quatro e tal
Talvez eu passe um tempo longe da cidade
Quem sabe eu volte cedo ou não volte mais

É DOSE.......
___________________________________________________________________

As estações

é impressionamente como as estações são bem definidas aqui, o verão foi muito quente, muito gostoso, muita gente na rua feliz... muita gente nos barzinhos tomando uma cervejinha.

Com o Labor day veio Fall... e mais uma vez a estação bem definida a temperatura foi caindo aos poucos, as árvores foram ficando coloridas as folhas no chão dando aquele glamour. Para mim acredito que seja a estação do ano mais bonita. A cada dia a temperatura cai e eu ja sofro antecipadamente porque sei que o frio vai acabar comigo rs....

O tempo ta frio pacas hoje e minhas mãos estão congelando, hoje estamos na casa dos 8 graus, e cade o aquecedor dessa casa...imagine no inverno... nem que eu compre um para mim mas não passo frio não Deus me livre!!!!

_______________________________________________________________________

Recadinho:

Daniela a Aninha como é chamada sua prima aqui é uma querida, somos amigas sim e sempre saimos juntas, ela é uma fofa e adoro ela. Mora em uma cidade chamada Vahala bem próxima da minha fica uns 15 min. de carro.

por hj é so...

beijos

terça-feira, 21 de outubro de 2008

Faz tempo!!!


































Nossa faz tempo que não posto aqui... é que as coisas vão entrando na rotina como se fosse a nossa vida do Brasil e acaba que não temos tantas novidades assim para contar.


Semana retrasada eu fui para Atlantic City... foi uma viagem muito legal apesar de uns stress que nem vale a pena comentar. Fomos de carro, então o que acabou saindo mais barato e além disso mais comodo. A cidade é uma mini Vegas... vários cassinos que tem em vegas, muitas luzes, muitos velhos nos cassinos jogando rs....

Chegamos na sexta tarde e sem pique para sair então ficamos no hotel tomando um vinho e fomos durmir. No dia seguinte conhecemos um pouco da cidade, fomos em um outlet lá perto e foi bem massa. A noite acabamos nem indo para os cassinos por umas bagunças que aconteceram, pegamos uma baladinha e no domingo joguei 5 dolares rs... sõ para não passar batido ja que um amigo que jogou com o mesmo valor ganhou 200,00 vai que eu tinha a mesma sorte rs... mas não tive, infelizmente.
Minhas semanas em outubro andam meio intercaladas em trabalho intenso e pouco trabalho, como tem muitos feriados judeus as crianças não estão indo para escola, então tem dias que fico folgada pq eles ficam com elas e tem dias que elas acabam ficando comigo onde eu trabalho bastante. Mas eu adoro essas crianças e apesar de serem crianças, com choros, birras e manhas eu amo muito elas, nos damos muito bem e me sinto muito feliz em cuidar delas. Sei la acho que serei uma boa mãe porque me sinto bem nos momentos que estou com elas e cuidadando delas. Não me sinto na obrigação e tenho em muitos momentos prazer em estar com elas.


Nada como um beijo e um abraço sincero, ou então um carinho seguido de um eu te amo, quem me conhece sabe que sou toda apegada a familia e essas crianças para mim aqui são tudo eu amo de verdade elas e sinto que quando for eu for embora meu coração vai ser partir.

Eu adoro fazer coisas em particular com cada uma delas como pintar as unhas de uma, jogar games com a outra, brincar com a mais nova. Nos temos muitos momentos bons e vejo o quanto a minha host percebe isso e digo que não faço para agradar mas sim porque essas crianças são maravilhosas e nos damos super bem o que torna a relação aqui em casa muito boa, meus hosts satisfeitos e me tratando bem, as crianças se sentem seguras e confiantes comigo e eu me sinto feliz por estar com essa convivência maravilhosa aqui em casa.

Terminei meu segundo curso o que me deixou mais irritada que o primeiro, esse eu simplesmente odiei, não tive nenhum proveito e so serviu mesmo para computar os meus créditos.

Hoje comecei um curso de intensive writting e gostei bastante da aula acho que esse vai dar para salvar.

A vida aqui continua a mesma, mas cada dia me sinto mais adaptada, me sinto cansada e com vontade e voltar em muitos momentos, mas acho que issoa contece com todos, aqui vivemos a vida muito intensa então temos picos de felicidades e de saudades. Com algumas certezas.... que ainda me deixam griladas...porque não sei se a vida aqui me mostra a realidade ou o contrário. Mas enfim esse tipo de coisas são muito pessoais e não quero falar sobre isso aqui.
Ja comprei minha fantasia do hallowen, nada que eu queria, mas tb não tava querendo gastar muito então ta valendo rs...

Domingo passei o dia em manhattan, central parque... aqui ja esta bem frio e olha que nem começou direito, não quero nem ver quando começar a ficar os ( menos graus) ai sim eu morro pq sinto muiiiiiiiito frio!

Desculpe aqueles que sempre me acompanham pela demora do post estava meio desencanada, mas eu entro todos os dias aqui para moderar os comentários.

Um beijo grande e vamos que vamos!!!
































terça-feira, 7 de outubro de 2008

Esvaziando as malas...

Hoje eu criei coragem e comecei a esvaziar a minha mala com as poucas roupas de frio que eu trouxe e que na realidade estão servindo para agora e não para o inverno daqui.

Comecei a pensar naquela semana que comecei fazer as minhas malas e colocar todas aquelas prediletas roupas na mala e ansiar por essa viagem.

Hoje a minha maior ansiedade é colocar tudo de volta com mais tudo que comprei e se mandar para a minha casa.

A verdade é que sou geminiana e tudo que vira rotina cansa... esa rotina aqui ta me cansando... baladinhas...crianças...estudos...

Eu tenho muito que melhorar é isso é indiscutível e é a única coisa que me prende aqui. Já estou com saco cheio de fazer as camas de manha... de fazer a laundry e de lavar a louça nem se fala. Não tenho mais unhas...minhas mãos estão secas. Não aguento mais quebrar a cabeça com o que vou comer... antes era simples.. ou a mamae fazia ou eu comia em restaurante pq estava trabalhando. Não aguento mais sujeira... bagunça... queria a minha casinha arrumada... cheirosa e arrumada pela minha mamae.

Estou adaptada, tenho amigos, viajo passeio, estudo, mas nada e nunca nada vai suprir a falta da minha vida e eu não fico aqui mais um segundo a mais quando acabar meu ano.

O frio ja está chegando... e isso é mais desanimador.

A verdade é que estou cansada daqui. Tem muitas coisas que fascinam, eu amo NYC, amo comprar aqui pq é tudo muito mais barato, amo olhar ao meu redor e ver arvores e esquilos, amo os amigos que aqui eu fiz, adoro sair e me divertir.

A vida aqui é boa mas desde que vc tem uma vida descente e sinta que é a sua vida e para mim não dá.

A maioria das meninas amam tudo isso é a grande verdade é que a realidade de cada uma é diferente. Eu sempre soube que para mim seria dificil pq eu tinha uma carreira, tinha a minha vidinha que eu construi lá, ja tinha todas as minhas responsabilidades e resolvi dar esse salto para melhorar o meu inglês que é meu foco, por mais que todos os amigos brasileiros atrapalhem ( no bom sentido... do aprendizado).

Mas a verdade é que tudo cansa de verdade, estou cansada... e parece que vivo em uma montanha russa, passei pela fase de homesick a adaptação, a total sensação de liberdade que é o que a maioria ama, ja que muitas meninas são novas e essa experiencia de morar sozinha " entre aspas" da a sensação de liberdade. E agora estou na fase do saco cheio, não é nada com ninguem, minha familia está otima, minhas meninas cada dia mais lindas, mas é algo comigo, com os meus limites com a saudade da minha vida, familia e acima de tudo da minha vida.

A verdade é que viver longe de casa e na casa dos outros não é fácil, não mesmo.

Continuo achando que a experiência é a mais valida de toda a minha vida, tanto pelo lado pessoal, como pelo lado profissional é é pelo objetivo de ter um inglês melhor que estou aqui, posso te dizer que estou much better daquele dia que coloquei meus pés aqui e "achava" que mandava alguma coisa de inglês. Hoje to bem melhor mas muito mesmo para melhorar. Sei que não vou sair daqui com o inglês desejado, de escutar uma musica e ter a sensação de estar escutando ela como se fosse em português rs.... Isso tudo é ilusão e para conseguir a fluência você tem que morar anos aqui... além de viver exclusivamente para a lingua porque a partir do momento que vc tem com que falar a sua lingua nativa fica mais dificil. Mas também não vou exigir demais, para o que eu usarei no Brasil vai ser o suficiente.. se é que ja não esta... mas mesmo assim continuo na luta de melhorar. E do jeito que eu conseguir evoluir até o meu limite é o que vai ser. Meu objetivo é ficar até junho... viajar minha 1 semana do 13 mes e voltar... espero conseguir chegar até la rs...

Beijokas e desculpe se fui um pouco melancolica com o post... estou cansada de verdade da semana... e da rotina... mas não percam a esperança e para aquelas que aqui comparecem buscando palavras de incentivo so posso dizer uma coisa... vem pq a experiencia é inexplicável!

domingo, 5 de outubro de 2008

e mais uma vez...


Quem tem amigos... tem tudo nessa vida.. eu sou pirua... sou as vezes meio grossa... sou as vezes meio reclamona... mas Deus sempre põe pessoas maravilhosas na minha vida que gostam de mim do jeitinho que sou.


AMO VCS.....


quarta-feira, 1 de outubro de 2008

Precisa dizer alguma coisa...










Acho que em qualquer lugar que eu possa ir, por mais amizades que possa fazer, nada será tão forte quanto esse laço... que tenho certeza que vem de um passado. Que estamos nessa jornada juntas... para aprender, crescer. Essa amizades é de vidas. Por isso que amo essas meninas como se fossem do meu sangue.

Obrigada por me fazerem presente nesses momentos.


Mi amiga felicidades, amor, paz e ano que vem nos seus 27 estarei ai te dando um abraço gostoso como todos de nossa amizade maravilhosa de mais de 20 anos. Amo muito vcs!






quinta-feira, 25 de setembro de 2008

NY OR BRAZIL:::

YES... I'm doing this question because.... seriously...here in NYC have more Brazilian than in Brazil.

So topo com brasileiro onde quer que eu va... outro dia em plena 5TH ave... em amigas... queriamos uma foto no meio da rua e ai lancei " para quem vou pedir" eis que surge uma resposta... "eu tiro" brasileiro na fita.

Isso acontece com frequencia... vire mexe estou em lojas..mercado..mall...outlet e la tem brasileiro. NYC é povoado por eles. ( ops... nos rs...)

Essa semana tinhas uns caras arrumando e pintando aqui em casa... eu sempre falando com os caras em ingles...ai da que estou chegando com as KIDS e escuto um dos caras falando em portugues rs... mais brasileiro em westchester...

Serio... isso me atrapalha pq onde quer que vc va vc encontra brasileiro e faz amizade e americano que eh bom... nada rs.

terça-feira, 23 de setembro de 2008

Vida confusa...

Hoje estou um caco... trabalhei bastante... uma das kids não foi para a escola e apesar de ela ser um doce..de ser uma excelente companhia fiquei com uma dor de cabeça sem palavras.

Eu ando com uma paranoia... não de pensar que isso não vale a pena... não de querer voltar... não de não estar feliz. Mas eu ando com muitas saudades de casa, lembro de simples ruas que eu passava e fecho os olhos me vendo andar de carro por elas, sinto falta de acordar de manha.. com muito sono, de me arrumar, secar o cabelo, colocar a minha roupa mais perua e ir trabalhar. Sinto falta de ter obrigações alem de me sentir apenas " uma dona de casa que tem filhos para cuidar" e esse intercâmbio alem de me ensinar uma lingua, uma cultura, me ensina também lições da vida, como nunca querer ser so mãe e viver 100 porcento para os filhos... e olha eu pondo o plural.. 1 so ta bom.. talvez 2, três... NUNCA. mas deixa esse papo para la pq depois desse intercâmbio vou querer estar distante da maternidade por um bom tempo.

Ando também na paranoia de achar que meu ingles não vai ficar bom o suficiente... de não querer ficar mais tempo caso isso aconteça...medo de voltar para o brasil e não conseguir fazer um teste descente quando for participar dos processos seletivos, ja que para quem avalia seu currículo e ve que morou fora imagina que seu inglês é muito bom e so de pensar em não corresponder essas expectativas e muito mais as minhas eu fico simplesmente desesperada.

O fato que estou estudando bastante sozinha, estou com muito tempo livre mas me sinto prejudicada ja que não estou o dia todo falando em inglês. Também não consegui estudar em uma escola que queria, a esxcola que faço mais uma vez não correspondeu as minhas expectativas, tenho medo de estar com o nível de inglês ruim até janeiro, quando eu quero fazer meu curso de marketing.

De segunda feira me sinto uma adolescente fútil e idiota de tanta diversão no final de semana... e na semana me sinto com saudades de casa e da vida e rezando para chegar o final de semana para ter minha diversão.

Vai entender... sou geminiana...indecisa....

quinta-feira, 18 de setembro de 2008

Viciados em TV

Bom não sei vcs.. mas eu era viciada no Brasil, chegava do reabalho e ficava ligadinha nas novelas... si eu gosto mesmo e podem me chamar de futil. A grande verdade é que desde que cheguei aqui isso mudou, eu quase não assito TV e so assisto alguns canais que passam meus seriados prediletos.

Mas... se vc eh viciada numa novelinha que nem eu e as vezes quer matar um poquinho da saudade... segue esse link que ja esta nos meus favoritos para eu assistir TV GLOBO 24 HORAS.

enjoy it!

http://www.minhatv.net/esportetv/exibe.php?idesportetv=13

quarta-feira, 17 de setembro de 2008

Inglês...saudades...final de semana...







Final de semana
Meu final de semana foi para varias mais um super massa como todos até hoje... na sexta ei ia para Manhattan mas acabou chovendo e não estava mesmo afim de piorar a minha gripe que ainda não esta curada desde 2 semanas atrás... acabei indo no cinema com a Ma assistindo um filme pra lá de "SOU ENCALHADA, ESTOU NO CINEMA AS 12H40PM COM UMA AMIGA", onde o filme so tinham mulheres... e no cinema so tinham mulheres... e programa de encalhada... rs... brincadeirinha a parte... o filme foi mal mesmo, assistimos The Women e parecia ser massa e no final foi bem boring.
No sabadão fomos no mall a tarde programinha au pair sem programação rs... a noite trabalhei ate umas 11h30 e depois fui para uma baladinha no Queens.
No domingo foi super massa... fomos para o Six Flags e a pessoa aqui mais cagona impossível resolver arriscar pois enfim estar aqui e não ir no Six Flags não tem graça, então quando cheguei la e vi aquelas montanhas russas comecei a me arrepender seriamente rs.... Logo de Inicio vc ve aquela que esta na foto a cima ( a primeira) e ai eu amarelei geral...tinha a certeza que ia dar para tras em quase todas. Fomos direto para essa montanha russa eu ja amarelei e fiquei esperando a galera do ladod e fora... não tem 5 min. todo mundo voltou e resolvei comprar o Flash Pass porque a fila estava com espera de 1h30. Ai eu pensei... todo mundo vai comprar e eu não: ( interrogação rs..), paguei 30 doletas para entrar nesse parque agora vou ter que meter as caras e ir, comprei o Flash com o pessoal coloquei um pouco de coragem na cara e vamos que vamos... meu coração bateria a bateria do salgueiro de tanto medo daquilo.. mas vamos ai...e no final foi amazing. Fui em TODAS... so amarelei em uma do Batman pq eu tinha acabado de comer e estava com medo de passar mal. Mas o parque eh show vale mais que a pena eu quero voltar e Disney é certeza agora rs...
Inglês
Isso é algo que gostaria de ter falado a um tempo aqui e acho que nunca comentei além de ser curiosidade de quem esta entrando no programa agora. Todos os relatos abaixo são de minha experiência pessoal rs...
Na verdade quando estamos no Brasil não temos noção do que é isso tudo aqui. Primeiro porque pelo menos para mim estudei mais de 5 anos entre vai.. interrompe... etc..etc.. eu sempre tive dificuldades com inglês isso é um detalhe, mas quando chegamos aqui as primeiras semanas é aquela travada geral, seus ouvidos parecem que não acompanham tudo, mas aos poucos tudo vai se encaixando, você para de pensar em português... fazer aquela tradução do português para o inglês para falar, mas a verdade é que parece que nunca...nunca vai ficar bom, sempre falta uma palavra em uma conversa.. as vezes vc substitui.. mas as vezes ela é unica e vc se sente a pessoa mais estupida do mundo. Isso é mais que normal.. estou aqui a 3 meses e meio e se você colocar na balança o estado que cheguei aqui e como estou hoje... ahhhhh os olhinhos enchem de lágrima porque finalmente parece que vou dominar que sempre me dominou...hoje eu assito TV, eu vou ao cinema, eu converso...dou informação...peço informação...leio livros... e obviu que os erros são grandes...a falta de pronuncia é o que mais mata com a falta do vocabulario parece impossível, mas é inevitável o desenvolvimento. Então a verdade é.. quer falar inglês de verdade... vem morar fora, porque no Brasil é impossível ter um inglês bom então pouco tempo. Conheço pessoa como a minha amiga Michelle que tem um inglês muito bom e so estudou la, mas ela sempre teve facilidade com a lingua e estudou desde criança. Estou muiiiito feliz com o resultado em pouco tempo... tenho que melhorar muito isso é fato, mas nunca estaria como estou hoje lá... lembro nas aulas de inglês a dificuldade que era conversar... rs... hoje isso é parte da rotina... vc fala muito.. não tem como não melhorar. Além que estudar é importantisssimo. Eu tenho um problema porque tenho muitos amigos brasileiros. NY é povoado por eles... vc os encontra em qualquer lugar...então o que me mata é que tem final de semana que falo só portugues.. :-(
Isso é triste mas enfim... aproveito a semana para me dedicar... estou no meu segundo curso... quero fazer mais 2 até o final do ano e ano que vem um curso na minha áera e dependendo mais de inglês. Quero não perder tempo já que não pretendo extender o programa.
Saudades
Em falar em extender o programa essa semana estou com uma saudade do Brasil. Não... eu não choro... eu não estou de homesick... até mesmo porque não dou tempo para ela... estou muito bem aqui... mas eu acho que é fase sabe.. tem momentos que eu me pego pensando na minha casa, em estar dirigindo nas ruas de moema...um lugar que amava...ops eu amo...na minha familia... nos meus sobrinhos...sabe... não dá para explicar... mas essa semana eu gostaria de estar lá. A gente se habitua a morar fora, se acostuma com a distância, se encaixa na rotina, mas nunca vai esquecer o lugar de onde a gente é. Tem momentos que eu dou razão a diversão que é aqui e penso em extender se meu inglês não estiver bom o suficiente. Por isso não quero dar margem a essa opção, quero estudar tudo que posso e com muita intensidade. Tem dias que eu quero ir embora...mas não é por nenhum motivo, não porque estou chateada...não porque minhas crianças me fazer algo ou a familia, pelo contrario temos um conviviu super bacana, amo a minha familia e as minhas crianças nem fale.... amo minha cidade...meus amigos...mas acima de tudo isso amo muito mais tudo o que esta lá em casa, no meu país de verdade.
Acho que tudo isso é natural não eh... no começo a gente quer voltar porque não tem amigos... sente falta de casa...não se encontrou...depois a gente se encaixa perfeitamente e nunca mais quer voltar rs.. ( esse não é o meu caso... me encaixei mas quero voltar sim...) depois fica aquela saudade gostosa... sadia...e a vida rotineira e maravilhosa que mesmo sendo au pair como todo mundo sempre reclama... ( não meu caso... para mim foi a melhor opção, mesmo tendo um salário miserável... eu não vim para cá por conta disso e todo mundo ta careca de saber), eu gosto bastante, mas por um ano... para os objetivos e é enough.
Bom é isso ai...agora deixa eu ir mimir que ta tarde!
bjka

domingo, 14 de setembro de 2008

SAUDADES

No dia em que eu saí de casa
Minha mãe me disse:Filho, vem cá!
Passou a mão em meus cabelos
Olhou em meus olhos
Começou falar
Por onde você for eu sigo
Com meu pensamento
Sempre onde estiver
Em minhas orações
Eu vou pedir a Deus
Que ilumine os passos seus...
Eu sei que ela
Nunca compreendeu
Os meus motivos
De sair de lá
Mas ela sabe
Que depois que cresce
O filho vira passarinho
E quer voar...
Eu bem queria
Continuar ali
Mas o destino
Quis me contrariar
E o olhar
De minha mãe na porta
Eu deixei chorando
A me abençoar...

Saudades da minha veinha... do meu veinho... do meu Romeu...saudades de um abraço de mãe...de um cuidado...de sua comidinha...saudades de ouvir suas reclamações da minha bagunça...aqui ninguem reclame e eu mesma que me encomodo com ela...saudades de dar Adeus para uma viagem e rezar para aquela semana acabar e voltar para o meu lar...saudades de entrar no meu quarto...tirar meus sapados e me deitar...saudades de assitir novela..de me sentir em casa de me sentir protegida...saudades de abraçar meus pequenos...de conversar com minhas irmãs...saudades me me sentir amada por meu namorado...saudades de estar com minhas amigas irmãs...

Hoje eu amo essa minha vida... minha liberdade... meus novos amigos que ja são tão queridos...minhas andanças... tudo o que aproveito com tanta intensidade, algo que não estaria fazendo lá. Mas nada e nunca algo substituira tudo o que sinto muitas saudades. Hoje ouço sertanejo...axé... e até funk kkkk porque sinto saudades daquele Pais caloroso...

Final de semana super... depois venho com fotos... e relatos... mas hoje eu so gostaria de dizer... SAUDADES E AMO VCS SEMPRE E ETERNAMENTE!

sexta-feira, 12 de setembro de 2008

Vc está aproveitando:

Por esses dias com muitas pessoas que venho falado... essa mesma questão bate sempre, se eu tenho aproveitado aqui. Em muitos momentos eu acho que não do jeito que eu deveria, gostaria de viajar mais, de estudar mais e de me dedicar mais alguns fatores são de total culpa minha mas outros não. O fato de eu não viajar muito é porque eu sempre trabalho aos sábados a noite... eu nunca reclamo e nunca reclamei porque isso eu sabia antes mesmo de vir para cá, mas eu preferi ter meus dias mais vagos como eu tenho com tempo para me dedicar melhor ( coisa que eu assumo não ando fazendo muito), do que ter um dia busy, 45 horas trabalhadas na semana so para ter um final de semana livre. O intuito da minha vinda para cá foi para aprimorar o meu ingles e consequentimente ter viagens e diversão... mas a prioridade era e ainda é por mais que ando um pouco relaxada estudar.

Mas eu posso dizer que desde que cheguei nunca fiquei 1 final de semana parada, sempre sai, conheci alguns lugares, tenho muito que explorar NYC ainda, quero conhecer DC se possível chicago, quero ir para a Disney, Niagaras Falls e com certeza absoluta California e Vegas. Meu sonho também era fazer um tour na Europa, mas não sei se será possível...mente que dinheiro aqui é o que falta, a "ajuda de custo" que para mim assim que considero, não dá para sonhar alto e também eu vim disposta a viver com o que se ganhar aqui e so se precisar por necessidade ou estudo gritar grana do Brasil.

Ando consumista demais.... algo que eu tb não me importo ja que não quero levar um centavo daqui, quero aproveitar a comprar tudo que quero mas preciso começar a juntar grana para viagens e também porque a partir de outubro minha bolsa acabou ( triste) so posso fazer mais um curso e quero fazer mais 3 ainda ou mais.

Mas num geral eu acho que independente que as viagens e compras não sejem todas concretizadas eu ja fico muito feliz de estar vivendo tudo isso. Acho que de todas as coisas que fiz na minha vida essa foi a mais certa, não sei se colherei bons frutos, mas o que estou vivendo não tem preço que pague, como ja disse muitas vezes aqui além de aprender uma ligua estou aprendendo muitos valores que jamais os teria no Brasil.

A vida aqui é muito boa e hoje eu entendo as muitas e muitas au pairs que aqui ficam por mais um ano e também sonham em morar aqui para sempre, pois por mais que você não queria ser "babá" a vida toda. Podemos dizer que a vida aqui é muito mais fácil do que no meu caloroso país. Aqui a profissão mais simples é bem remunerada, acho que o salário mais baixo ´´e de au pair mesmo, mas sabemos que isso é um intercâmbio e que a gente fica frustada mesmo porque o trabalho de uma nany é o mesmo e enquanto elas ganham 500 dolares por semana nos estamos ganhando 170. Anyway.... cada um com seu cada um... eu jamais sairia do programa e ficaria aqui ilegal porque meu ideal aqui é aprender e voltar para casa.

Hoje eu posso dizer que moraria aqui mas em condições melhores... tendo minha própria casa ou dividindo com amigos mas jamais morando com familia... obviamente com um emprego descente e com acesso ao meu país.

Mas de um modo geral estou apreveitando sim... para mim isso são férias porque por mais que o trabalho com as crianças seja duro e muitas vezes estressante eu tive a sorte de pegar uma familia boa, crianças que são crianças e não dá para querer que sejam anjos, mas que me respeitam, que são educadas obviamente na cultura americana, mas não tenho do que reclamar. Minha familia é super flexivel sempre me ajudam no necessário e estou sempre ajudando quando posso também. A chave para um bom relacionamento é saber entender o lado deles, fazer o seu melhor mas só o que é o seu trabalho, gostar de verdade dessas crianças e tudo fica muito fácil. Minha vida no Brasil era muito mais dificil...trabalha intensamente, muito stress mas assumo que sinto falta de me sentir alguem rs...

Hoje me sinto super confortável em casa, algo que para mim era imaginável... mas algo não mudou e nunca vai mudar a saudade imensa que eu sinto da minha amada familia e amigos....

Um bom final de semana para todos!
Bjs

segunda-feira, 8 de setembro de 2008

My first sick! :-(








MAIS FOTENHAS NO ORKUT.

Sexta passada comecei uma gripe muito chatinha mas que tomou proporção grande com a medida dos acontecimentos rs...


Na sexta tinha combinado com uns amigos de ir para Manhattan again pegar uma baladinha bem show. O resumo da opera foi que quando pisamos na porta da balada o mundo desabou em city, muita chuva o amigo promoter da super badalada balada chegou e minha amiga saiu correndo para que ele colocasse a gente para dentro ja que, em NYC baladas badaladas vc não entra sem ser guest list. O bonitão entrou e colovou minha amiga que perdemos de vista e enfim ferrou para o nosso lado pois o cara não conseguiu colocar mais a gente a casa estava cheia, a chuva muito forte, a galera enlouquecida para entrar ja que a cobertura era pequena para a quantidade de pessoas que estavam na fila.


Conclusão não conseguimos entrar, peguei muita chuva, toda produção foi por agua a baixo e eu não tinha qualquer tipo de condição de entrar em outro lugar daquele jeito. Fui embora. No caminho de volta para pegar o carro de um amigo que estava estacionado encontramos a Aline Moraes no semafaro andando na chuva como nós. Ninguem tinha máquina então esse registro ficou so na mente mesmo rs... E o resfriado... hahahahaha virou uma cold bem forte.

No sabado não fiz nada de interessante, fui almoçar no restaurante brasileiro, no mall programa au pair mais estava vindo um storm e todo mundo ficou em casa. na verdade nada mais foi que uma bela tempestade que eh mais que comum na minha terra da garoa.

No domingo fomos passar o dia em city... estatua da liberdade, o famoso bull, love square e no fim central parque. O dia estava maravilhoso e tivemos um domingo muiiiiito agradável.

A cold ainda esta aqui... hj foi ruim ficar com as kids desse jeito pq morri de medo de elas pegarem. Meu host e a do meio pegaram e a pequena esta com cof.

Essa semana começam as aulas para valer e também preciso começar para valer a minha operação improve English... estou uma vagal e estou vendo que preciso melhorar muiiiiito. Ja que a escola que queria ter feito não rolou.
e é isso ai..


beijokas estraladas...




quinta-feira, 4 de setembro de 2008

Pra que mexer com que ta quieto!!!

A questão é... pra que mexer com quem está quieto... ou em time que esta ganhando não se mexe... todos esses ditados estão valendo...

Não entendeu... tb não era para entender tem ~coisas que é melhor deixar no gelo mesmo rs...

Ta foda... desculpa o palavrão!

quarta-feira, 3 de setembro de 2008

Atualizando...

Brazilian Day...
Baladinha Marquee


Mais fotos no meu orkut...

Meu final de semana foi muiiiiito bom, primeiro porque tive o feriado de folga então deu para curtir e dar uma relaxada.

Na sexta fui na Marquee uma baladinha em City com amigos, foi muito divertido, ri muito... dancei..enfim... como sempre muito bom. So a parte de voltar para casa de trem que quebra as pernas rs... vc cansadona da balada precisa esperar a hora do trem.... mas tudo bem... não posso reclamar moro do lado de City e nos não podemos pegar o carro para ir para la.

No sabado foi o dia de descansar eu estava quebrada da sexta, cheguei muito cedo rs... ou tarde.. enfim... e fiquei cansadona, fiquei em casa com as meninas e depois fui buscar a minha amiga Aninha que fazia ingles comigo no Brasil, decidiu fazer o programa e ja está aqui. Ela mora em DC e ficou aqui em casa para ir no Brazilian Day comigo.

A noite fomos para o Chalanas ( restaurante brasileiro) e depois cama, o dia seguinte prometia e alem disso tinha que estar disposta para aguentar a maratona de ficar em pé muitas horas.


Resumão do Brazilian day, muita gente disse que não valia a pena, que era muvucada, gente bebada e que era uma droga. Eu ja fui com toda antipatia mas mesmo assim queria pagar para ver. Cheguei la em torno de 10 horas da manhã ainda estava meio fazio... ai foi enchendo aos poucos, eles resolveram abrir a rua em torno de umas 12h30 e o show começou por volta das 13h30 com Jorge Bem, que eu ja não gostava muito e ver o show constou que não é mesmo minha praia, algumas musicas legais mas ele não anima. Ai entrou lulu e delirei... amo todas as musicas... cantei que nem loka e foi tudo de bom. Para finalizar Banda Eva que levou a galera ao delirio muiiiiiito bom, dacei e pulei muito. Estava muito perto do palco o que acho que favorecei para o show ser bom, até mesmo porque ali não tinha bebida tão disponivel estava perto da polícia então a bagunca não chegou la mesmo. Pode ser que todas essas impressões megativas sejam por conta dos blocos mais distantes do palco, porque o primeiro foi simplesmente D+ e valeu cada minuto que esperei para entrar no primeiro bloco. Teve uns empurrãozinhos no começo mas nada que vale a pena esquentar a cuca.


A segunda foi de descansar, amoçei no restaurante brasileiro, depois sorvetinho e logo a tarde um cineminha.


Essa semana ja esta acabando uipiii... amanhã eh quinta, logo sexta...começam as minhas aulas e vem o find.


Beijokas para minha veinha que fez aniversário ontem e eu acabei esquecendo... tive um dia agitado, fui no Metropolitan em city com as crianças e a Gradma, mas não consegui ver muita coisa, vc acha que criança esta interessada em arte... fala sério! Até foi bacaba a atitude mas meu nem eu tenho muita paciencia imagine crianças de 4, 6 e 8... piadinha... elas não viama a hora de ir embora, conseguimos segura-las por 2 horas la no museu e olha que foi muito. Eu particulamente não consegui ver tudo o que eu veria se estivesse só, mas tb não pago para ir la, o museu eh bem parecido com o de artes de boston e muito caro para entrar 20 doletas. Obrigada, meu senhor, valeu ir com as crianças e fica por isso mesmo.














sexta-feira, 29 de agosto de 2008

feriadão... mas vou falar do passado




















Eu sei que ja estamos em um novo final de semana mas vou falar do passado uma prévia rs..


Na verdade a minha semana foi meio loucura, final de camp e mulecada toda em casa, dei muitas risadas, voltei a ser criança, fiquei muito nernosa mas na verdade fiquei é mesmo muito cansada. Ser criança definitivamente cansa ainda mais quando se tenta entrar na onda delas e ao mesmo tempo ter a responsabilidade de supervisionar. Mas amo essas pivetas elas me fazem as vezes ficar nervosa mas elas são muito divertidas.


Por isso não tive muito tento de vir falar do meu final de semana e como hj eu estou off ai que delicia e até segunda... 4 dias... ai ai..

Bom... sexta fui para NYC. Mulherada reunida e na verdade acabei em duas baladas. Primeiro entramos na Guest House pegamos os carimbos de acesso e depois vazamos para a Pink Elephant. Balada de classe, gente bonita, musica muito boa. Mas nem todo mundo conseguiu entrar pq nessas baladas de elite de NYC eles encamam com umas coisas que ne vale a pena comentar.

Fiquei o tempo suficientee voltei para a guest House pq o resto da galera estava la... ai não me acabei de dançar...foi muiiiito bom!

Sabado churrasco de despedida da Lulu ( parte triste) e final mais baladinha aqui em White Plains mesmo.

Domingo amarramos tiramos para descansar do final de semana agitado, cozinhamos e ficamos na casa de uma amiga.

Assim veio a minha semana agitada, a minha sexta ptraticamente off pq trabalhei apenas das 7 as 8.

Então... em breve venho falar do proximo find, tem Brazilian Day, baladinha hj, e muitas programações...

bejux

quarta-feira, 27 de agosto de 2008

Vida de au pair: Capitulo Despedidas


É impressionante como quem se aventura a viver longe, vive em constante despedidas. O mais engraçado é que pessoas que você conhece a um minuto atrás podem se tornar amigos tão... mas tão queridos que doi o peito so de lembrar das despedidas.


Na verdade a gente que mora longe começa a criar anticorpos a alguns sentimentos como a saudade que sempre vai estar presente mas que aos poucos ela deixa de se tornar dolorida e passa a ser apenas um sentimento bom cheio de lembranças boas e recordações mais que agradáveis.


Quando larguei a minha vida e pisei meus pés aqui pensei que não suportaria a falta da minha familia e amigos. A dor que sentia era tão grande que chegava a doer meu coração, mas aos poucos esse sentimento dolorido foi dando espaço a uma saudade gostosa que hoje sinto pelos meus. A verdade é que a gente aqui acaba encontrando pessoas que nos apegamos como fossem as nossas familias e nos tornamos tão unidos, tão apegados como se fossemos amigos de anos e anos.


Hoje uma grande amiga deixa a vida de aventuras, de boas risadas, de muita diversão, de muita engulição de sapos e passa a partir de amanhã voltar a realidade que para mim é muito longe de tudo o que eu vivo aqui.


O mais engraçado é que o mundo é um ovinho de codorna tivemos amigos em comum, fizemos amizades juntas, nos tornamos boas amigas em pouco tempo.


E a nossa vida é assim, a gente se despede da familia, depois são os amigos que vão embora e um dia chega a nossa vez de dar adeus a tudo isso que vivemos tão intenso.


Lu desejo á você todo sucesso do mundo, que vc encontre no Brasil o seu futuro, que você aplique tudo que aprendeu aqui, que você continue essa pessoa maravilhosa que Deus colocou no meu caminho por pouco tempo mas que tive o prazer de ao menos desfrutar!


Vai ser feliz amiga!
E se Deus quizer nos encontramos em breve!


Te adoro!

quinta-feira, 21 de agosto de 2008

Se divirto rs... Mas também sofro uiii

Picnic Pepsco... nossa se eu arrumar um trampo la e for tranferida para esse lugar venho mesmo viu rs... Paraíso kkkkkk. Faltou as 1000 meninas que se juntaram nessa rodinha... mas a fotinho foi no começo.

Amo muito tudo isso... mesmo que seja no Brazen Fox pela 189898979878968768 vez rs...



Show de uma cantora americana que está com uma musica nas paradas das bandas de cá "Pocketful Sunshine"... so sei essa mesmo mas me chamou e é de gratis ... opa até injeção na testa kkkkk


Unhas postiças CVS kkkkkkk as minhas estão um lixo e descobri isso para salvar os meus finais de semana ( quanta futilidade heheheh). Eu amo esse lugar como viver sem no Brazil... No idea!!!


Acabei nme vindo aqui falar do meu final de semana, mas é que emfim... to com uma semana maluca. A minha menina mais nova acabou o camp e estou com ela full time... conclusão fico cansaderrima e a unica coisa que quero é voar aqui de casa e esparecer a cabeça.

O fodastico é que de fato não estou parando... ou indo para academia... ou fazendo algo entre amigas a noite.


Na sexta o que tinha para ser um fiasco foi demaixxxxx... acabei saindo again aqui por White Plains ( num guento mais rs...) mas uns amigos da City vieram e foi bem divertido... Magners em ação e Gigi dançou até descabelar kkkkk.

No sabado programa bem au pair kkkk não tinha feito isso ainda... gastar uma tarde de sábado no mall... Mas assim foi feito... acabei gastando um poquinho consumindo como sempre e tb não vim aqui para fazer dinheiro então torro tudo mesmoe so junto para a minhas viagens. kkkkk. A noite acabei trabalhando, meus hosts chegaram cedo mas a preguiça que juntou-se com o cansaço e misturou com o sono e deu lençõis. Não paulistas mas sim americanos (nossa que piadinha sem graça rs...).


Domingo teve cluster meeting. Um picnic bem agradável com um tempo melhor ainda... juntou um monte de mulherada e so papo o domingo todo, depois fomos comer um sorvetinho maravilhoso de Portchester... que estiver aqui vai la... é bem famosa. Depois casa da Mari para terminar o papo rs... e fechamos com Chalanas... restaurante brasileiro que amamos em Mont Vermon.

Ai começou a minha semana ralação... mas me divirto muito com a minha pituxa...mesmo ela me cansando temos momentos muito fun.


Hj eu to muito chateada e envergonhada... acabei dando uma ralamdinha no carro. Fui sair da garagem e aquelas três crianças juntas sendo que a do meio e a menor começaram a brigar... chorar e se pegar e eu tirando o carro da garagem no mesmo momento so podia dar bosta. A do meio ja tinha me deixado muito nervosa pq ela simplesmente ignora quando falamos com ela. Mas enfim não quero falar sobre isso aqui até mesmo pq as paredes tem ouvidos.

Minha host falou That's Ok. But mesmo assim to com vergonha. É muito chato vc acabar ralando o carro da familia. Eu não me sinto confortável dirigindo, sempre tento prestar a maior atenção possível para não cometer erros mas enfim... a vida é cheia de emprevistos.


Gente... ao contrário que muitas pessoas pensam eu amo morar aqui. Estou tendo momentos maravilhosos aqui e não troco essa experiência por nada. Estou tendo teoricamente férias de um ano e por mais que passo por momentos de nervoso como hoje nada se compara ao stress corporativo que eu tinha.


Antigamente eu vinha com o papinho que não aguentava um ano aqui e hj eu afirmo que até ficaria mais. Ops... ficaria mas não vou ficar. Primeiro pq tenho minha carreira interrompida por essas "fériazinhas" mas pretendo retoma-la o quanto antes. Segundo que a minha idade já não ajuda muito a ficar se aventurando ja que preciso retomar a minha realidade no Brasil e segundo que sinto sim, muitas saudades dos meus fofuchos... amados e salve salve familia amigos boy etc..etc..

Mas cara, vale mais do que a pena tudo que estou vivendo, pessoas que estou conhecendo, amizades grandes que estou tendo. Amo esse lugar e agradeço a Deus todos os dias pela oportunidade de viver tudo isso.


Bjokas estraladas no coração de melão de quem perde o tempo lendo essa minha vida...