sexta-feira, 21 de setembro de 2007

Primeiro Post

Olá a todos!

Este é meu primeiro post... na verdade nem sei direito configurar o blog.. etc..etc...

Bom o motivo da criação deste blog, é o fato de que estou pensando em ser uma au pair em julho de 2008.

Tudo começou no ano de 2005, quando fui ter o conhecimento do que seria um programa de au pair, na verdade quando a Marcia ( minha amiga au pair em connecticut), resolveu que seria uma au pair. No começo, nem se quer passou pela minha cabeça, se quer procurar saber mais sobre o programa.

Com o decorrer do ano, fui acompanhando o processo da Marcia, ela trabalhava comigo na Novartis, e também fui sentindo a frustração de NÃO FALAR INGLÊS... e o quanto isso é importânte para a minha carreira....

Veio o ano de 2006, ainda trabalhava na Novartis, a Marcinha correndo com o programa e eu sempre de perto acompanhando...inscrição...estágio em creches e escolinhas... aplication...aceitação no programa...escolha da família...comunicação com a família...match.... e em 30 de julho de julho de 2006... a ida da Marcinha.....

Bem, eu estava no final do meu estágio na Novartis...depois de inúmeras frustações de NÃO CONSEGUIR A EFETIVAÇÃO.... e olha que eu tentei...fiz vários processos seletivos... mais acho que não era para ser.... isso hj tenho perfeita convicção. Ai decidi procurar um job efetivo pq meu estágio terminava em dezembro e já estavamos em agosto... e ai mais frustação... vaga x, inglês fluênte....vaga y...inglês fluênte... mais que saco... pq não estudei antes.... pq não pensei antes... pq decidi trabalhar com Marketing... se gosto de teatro, se gosto de moda...mais se eu estudar teatro como vou sobreviver..( pq para aqueles que não sabem, eu que banquei todo minha facul, meus pais não tinham condições de me ajudar... mais isso é outra história e me orgulho muito por isso), efim, independente do que faça nessa vida, esse inglês sempre vai estar me encomodando e eu precisava e preciso matar essa pendência na minha vida.

Bem... sem inglês no jobs, então... pq tb não fazer um programa de au pair. Sim, foi isso que decidi, então queria arrumar qualquer emprego que fosse só para juntar uma grana e pagar o programa. Ai entrei na Brasformer.. que job mais chato... aquilo era duvidar da minha capacidade... mais era para juntar a grana.... em dezembro de 2006 veio o convite para participar de alguns processos de trainee, e ai fui eu, passei e hj estou aki na Akzo. Mais e o inglês.... e o programa de au pair.... e o fato de viver uma experiência fora do páis...poxa eu quero isso para minha vida tb... não só pelo fato do inglês.

Hoje tenho um cargo de trainee tão sonhado por tantos recem formados, mais não estou feliz, já tenho 6 meses de empresa e vi que não é isso que quero para minha vida...gosto de MKT, quero trabalhar com MKT e detalhe internamente na empresa...pq viajar como estou viajando não é vida não....

Então veio o intercâmbio dinovo na minha vida....agora estou ganhando um pouco melhor e posso juntar uma boa grana, ai busquei vários programas de intercâmbio e todos são uma fortuna...tenho uma conhecida que gastou R$20.0000,00 em 3 meses. Ai não....muita grana, muito investimento, inglês ok, sim muito importânte... mais hj em dia quem não tem ( eu kkkkkk). Bom também tem o fato de que não quero ir sozinha... e sei que au pairs são muiiiito unidas...e sei que não vou estar sozinha nessa.

Decidido, serei uma au pair em 2008, previsão...julho ( não quero ir no inverno, odeio frio..uiiiiii), agência Experimento Santo Andre ( fui na agência ano passado, assisti uma palestra, but preciso ir dinovo), estou estudando na Wise up... um puta investimento pq essa escola é bem cara... mais preciso ir para os EUA falando melhor... e take care child... yes, I like. Por mais que meus pais não acreditem eu gosto sim, principalmente de babys....

E é isso ai... primeiro post de muitos, por sinal gigantesto...tb gosto de falar pouco rs....

Vários passos tenho que seguir agora pq sei que a jornada é longa e a primeira é....tirar meu passaporte... vou fazer isso esse mês.

Logo mais volto com mais notícias de minha vida, do meu processo.

Beijokassssss

4 comentários:

Cynthia Zanon disse...

Hehe...já ví essa histótia antes, rs (ooops, a minha).

Pois é, vc deve ter notado, temos muito em comum (além de São Caetano). Eu ainda não tinha blog, mas foi com 24 anos que eu decidi largar a CIA dos meus sonhos (embora não fosse a posição dos meus sonhos, pq claro, faltava o maldito inglês), e ir estudar inglês no Canada. Foram só 5 meses, mas em 2 eu já estava falando...

Graças a Deus, eu tinha uma amigona no trabalho que me deu um super estímulo na época...pois não fundo não tinha a certeza de ficava, ou largava mão e ía.

Bom, o final da história vc já sabe...minha vida virou do avesso, pra melhor, claro.

Venha, venha MESMO! Mas prepare-se... vc NUNCA MAIS vai encarar as coisas do mesmo jeito. Seu horizonote vai abrir-se de uma força que não tenho como explicar...só vivendo pra saber.

Se tiver qualquer dúvida, pode entrar em contato comigo: cynzanon@hotmail.com

Bjs,

Luziane disse...

Oi mulher eu vou no ano que vem..que por sinal ja ta vindo rapido demais......me procura no orkut..bjsssssssss

Anônimo disse...

Gisele, não imaginei que vc tivesse tanto horror à Brasformer, oque aprendemos nessa vida é que tudo serve como experiência e para quem estava numa situação de desemprego e dividas como vc, acredito que tenha servido para alguma coisa, mesmo porque aqui não duvidamos da capacidade de ninguém, competências são adquiridas no decorrer da vida e nunca devemos CUSPIR no prato que comemos (expressão chula) mas cabível nesse momento. TENTAR falar outro idioma não lhe fará melhor ou pior que os outros...é apenas um diferencial, até porque você deveria continuar exercitando a escrita e a lingua portuguesa que no teu caso está bem ruinzinha viu!
Cada ano, centenas de pessoas no Brasil e através do mundo decidem abandonar seus empregos e ir para os Estados Unidos tentar mudar suas vidas, na esperança de fazer dinheiro suficiente para um dia voltar ao seu amado Pais, com economias suficiente para comprar um carro, uma casa, abrir seu próprio negocio ou ate mesmo economizar o necessário para nunca mais precisar voltar a trabalhar.
Eles trabalham alguns meses, as vezes ate 1 ano , e logo desistem, antes de darem uma chance a si mesmos de aprender o básico do sucesso em como viver no exterior. Ninguém nasce para um dia ir viver em outro Pais! Aqui nascemos, aqui crescemos e aqui nos tornamos adultos. Aprendemos tudo sobre nossa terra natal mas isto tudo levou anos para acontecer, não foram 2 meses, 6 meses ou mesmo 1 ou 2 anos, quando éramos crianças, demorou 2, as vezes ate 3 anos para que aprendêssemos a falar bem o nosso idioma (alguns sequer aprendem_ .
Para se obter êxito em qualquer empreendimento qualquer um precisa não somente aprender as técnicas básicas , mas também como aplicar estas técnicas. Da mesma maneira, para se obter sucesso em outro Pais você precisa primeiro aprender seus costumes e maneiras. Cada povo e diferente, seus princípios, comidas, hábitos etc.. sucesso num Pais diferente do que o seu, vai depender de você aprender tudo isto sem se esquecer do principal... suas raízes.

Humildade já garota, se vc acredita que trabalhar aqui foi duvidar da sua competência, acredite que deixou muito a desejar pois saiu sem sequer aprender o básico para uma auxiliar que é saber atender uma simples ligação telefônica!

Vc ainda vai precisar muito tempo para aprender algo que está além da sua capacidade... HUMILDADE!

Anônimo disse...

Bravo, magnificent idea acheter levitra In it something is. I will know, I thank for the help in this question.