terça-feira, 20 de maio de 2008

As despedidas

Um filme vem passando na minha mente no que diz respeito as despedidas que aconteceram nessa minha modesta vidinha de apenas 24 ( ainda) primaveras.

Lembro-me da minha primeira despedida que foi quando eu trabalhava na caixa econômica e isso faz tanto tempo que nem lembro do momento, somente das lagrimas que desciam da minha face naquele momento da minha vida.

Então veio a despedida do colegial e de alguns colegas que depois de tantos anos de convívio nunca mais soube o paradeiro.

Outra despedida bem marcante foi quando eu saí da AGF um lugar que foi muito importante porque graças a compreensão dos meus chefes que eram pessoas brilhantes consegui dar o primeiro passo importante na minha vida e conseguir entrar na faculdade e pagar com meu suado salário que lembro-me que pagava a faculdade e me restava menos de R$100,00 para vestuário, baladinhas, xérox da facul etc... nem sei como sobrevivi por mais de 2 anos nessa situação.Voltando a despedida... foi muito dolorosa porque dediquei 5 anos da minha vida naquele local e simplesmente no dia de amanhã aquela rotina não faria mais parte da minha vida. Aqueles rostos mais comuns e depois de um tempo bem irritantes não fariam parte da minha vida. Chorei um mar de lagrimas e meu diretor e minha chefinha também. É triste, mas gostoso ao mesmo tempo porque isso prova que tudo que vivi lá não foi em vão e que por menor que seja a minha presença marcou aquelas pessoas que naquele momento dividiram a emoção da saudade que viria no futuro com aquela despedida.

Mas na verdade a mais difícil até este momento foi quando eu sai da Novartis por que eu simplesmente amava aquele local e estava deixando não por minha vontade e sim por necessidade. Dividi 2 anos da minha vida com pessoas que me fizeram crescer 20 anos em 2. Pessoas tão especiais como a Marcinha, a Bruninha, Gininha, a Dani, a Lu a Vivi e até a minha chefinha atrapalhada mais com coração de ouro Rita. Gente eu juro que de lembrar destas pessoas e dos momentos que cresci ao lado delas correm lágrimas do meu rosto porque fui muito feliz naquele ambiente de trabalho. Acho que de todos os locais esse foi o mais marcante porque também foi o mais importante ou cresci muito, amadureci, comecei a enxergar o mundo com outros olhos e além de tudo isso trabalhei ao lado de pessoas verdadeiras que estavam dispostas a te ajudar tanto no lado profissional quanto do lado pessoal. Lembro-me que a despedida foi linda, eles fizeram uma festinha surpresa na sala de reunião e me chamaram para a reunião e quando entrei estava todo mundo lá, ganhei flores, um livrinho que está guardado até hoje de amizade da Lu e obviamente mais um mar de lágrimas desceram do meu rosto. Plantei dedicação, esforço, stress e colhi crescimento amadurecimento e amizades lindas como essas que citei acima que com algumas não tenho tanto contato e com outras falo toda semana como a minha querida amiga Márcia!

Depois venho a despedida da Braspel onde foi triste e chorei pq gostava da Rosana e choramos pq somos muito choronas mesmo mas saudades daquele lugar não mesmo!

E rescente foi a despedida da Akzo que foi a mais estranha de todas, sei que não sentirei saudades, não foi calorosa porque não tinha nem sequer colegas de trabalho, o meu peito apertou um pouco quando dei um abraço na Lu que foi a mais fofa comigo e até meus olhos enxeram de lágrima porque sei que aquela pessoa é verdadeira e que provavelmente não á verei mais. Mas foi mais um alívio do que uma despedida, muito estranho já que sou uma pessoa bem emotiva, mas que reparo que a cada ano que passa me torno mais forte.

Em apenas 11 dias farei a despedida mais difícil da minha vida, com certeza a mais marcante, a mais dolorida e a que mais me fará sentir saudades, porque não me despedirei somente da rotina, mas simplesmente das pessoas que mais amo nessa vida. Quando penso que aquele domingo que á algum tempo era tão distante está logo aí meu peito dói e meus olhos se enchem de lágrimas em pensar que não verei em 1 ano aqueles rostinhos inocentes e cheios de alegria dos meus sobrinhos, que não estarei no convívio alegre das minhas irmãs e cunhados, que não estarei mais no meu doce lar dividindo meus momentos mais a vontade e de segurança ao lados dos meus amados pais, que não estarei mais com o meu Sr. Severino quebra galho que é meu namorado querido, que não estarei mais nos assuntos rotineiros, ma divisão das dúvidas e sentimentos, da diversão, da compreensão das minhas queridas amigas que não receberei mais aquele saudoso bom dia do meu querido cachorro Romeu.

É engraçado porque estou muito forte, não choro, parece que isso não está acontecendo, mas na verdade não estou pensando muito na hora de dizer adeus porque sei que vai ser muito triste então quando todos perguntam se estou ansiosa, chorosa eu digo que não porque é a verdade estou vivendo cada dia com calma, sem pensar no futuro, apenas vivendo o momento e isso ta me ajudando muito a controlar a emoção. Não sei até quando vou conseguir isso mais graças a deus ta dando resultado.

Bom e falando tanto em despedida também queria dividir aqui que nesta quinta estarei fazendo minha despedida para os amigos no Maewa, uma barzinho que fica de esquina com a Juscelino e todos estão convidados. Querendo ir só me mandar o nome que colocarei na lista. Homem é 10,00 e mulher é 5,00 com nome na lista.
Bom é isso aí, já falei demais...

Beijokas...
Gi

9 comentários:

Anna Domingues disse...

Gi, com certeza não será fácil, mas quem disse que seria não é mesmo?
Sacode a poeira mulher, você sempre me passou a impressão de ser forte e batalhadora, e sei que você é isso! Leva a saudade junto contigo, e esqueçe que ela te traz sentimentos ruins, de angustia! Espero que isso tenha ajudado :)
Se precisar estou sempre pronta pra te ajudar, boa sorte linda!

Beijos!

Anônimo disse...

Giii, que saudade que eu já to sentindo dessa minha amiga chuchu. Beijoss Tati

Mari Cooper disse...

Oii Gii !!!

Ehhh despedidas nunca são a melhor parte mesmo !! Mas com certeza vc é forte e está preparada para esse proximo e "big" passo !!

Muitaa sortee !

Beijooo

Letícia disse...

credo Gisele com quantos anos vc começou a ralar ??? kkkkk .... a pior despedida com certeza eh da família ... procuro nem ficar pensando ... estou na minha cidade natal pra minha primeira despedida ... ai vai doer até ... hoje começa o ritual ... boa sorte ... bjus

Thaís disse...

Oii Gi, td bem?
hj o meu micro tad boa, intaum to conseguindo comenta nos blogs e decidi da uma passadinha ki..hauhauhau
Bom, todos nós sentiremos saudads das pessoas q amamos né...mas...temos q ir...bjaumm amiga..see u there!!!

Mari Patrocinio disse...

Ai, Gi tá tão pertinho né?
Eu também já me despedi muito nessa vida e é claro q é difícil, mas a gente consegue!
Tudo de bom pra vc!
Um beijão!

Nani disse...

Giiii!
Assino em baixo o que a Anninha disse... sabemos que vc é forte e vai passar por essa facinho =)
Claro que a saudade é fgo né? Não é fácil ficar 1 ano longe dos nossos amados, mas eu sei que vai dar tudo certo pra vc, vc merece, linda!

Super bjo e arrasaaaaa na gringa :)

Gabs disse...

Gi,
essa despedida relmente nao eh brincadeira, doi muito mas ao mesmo tempo faz bem pra alma e a hora que vc estiver por aqui lembrar del vai ser delicioso!!!
Boa sorte com tudo e precisando eh soh gritar!!!
Aproveita bem o papai a mamae e os irmaos pq aqui eles fazem mais falta do que se imagina qnd estamos ai!!!
Mas vale muito a pena vir pra ca!!!
Beijocas

Michelle disse...

oi Gisele realmente despedidas é mto complicado, dá um aperto no coração...
Mas tenha fé que é só um até logo e daqui a pouco vc vê que um ano passa mto rápido!
Espero que vc faça uma boa viagem e que dê tudo certo pra vc!
Fica com Deus

bjs